sexta-feira, novembro 02, 2007

Pelos arredores...


Outono, tempo de cosmos! Acho que depois do sakurá, a flor que eu mais aprecio aqui são estas flores campestres. Aqui perto de casa tem uma plantação enorme delas que atraem muitas pessoas. Todas com máquinas em punho procurando o melhor ângulo para tirar uma foto. Acho que já se tornou lógico em qualquer parte do mundo, todo japonês tem que ter uma máquina fotográfica! E eu me incluo aí!!! rsss
Câmeras descartáveis, celulares ou de última geração. Amadores e profissionais, crianças e idosos todos juntos. Não importa, todos queriam guardar aquele momento.

Até o doguinho se produziu todo para o passeio! Que fofo com mochilinha do Stitch!





Mudando de flor para comida...´

Comida italiana é nosso fraco e dia desses fomos comer num restaurante que abriu faz pouco tempo na cidade vizinha (lendo assim parece que é longe a beça ne? Mas fica a 15 minutos de carro). O lugar se chama Pecorino. Olhando de fora parecia ser pequeno, imaginávamos um restaurante comum (comum para nós e nosso bolso são family restaurants! rsss). Ao entrarmos me surpreendi com a claridade. Acho que já comentei em algum lugar que peguei trauma de apartamento japonês. Minha cozinha não tem janela!!!
Só por isso já gostei, mas a decoração também é super clean, madeira clara, pé direito alto, bem bacana.
Quanto ao cardápio, não é a la carte. No horário de almoço são servidos 3 tipos de courses (entrada, um ou dois pratos principais e sobremesa). Podem nos chamar de pobres mas nunca tínhamos comido assim. Lembra comida francesa, pequenas porções de várias coisinhas. Os pratos servidos variam conforme os ingredientes que o chef encontra no dia, por isso não tinha nada especificado no menu.


Como entrada, vieram esta beringela em conserva ( está escondida atrás do tomate! :-D), choux recheado com vieras e ervas finas e um carpaccio delicioso.

Depois veio um prato de espaguete com repolho e umas lascas que não consegui descobrir o que era. Achei um tanto quanto insosso... :-(

Para o prato principal, havia carne e peixe. Fiquei com o segundo e veio este lindo prato, deu até dó de desmanchar! Lula com molho de tinta de lula. Não sei porque mas sempre achei que a tinta fosse meio amarga mas na verdade não tem gosto de nada.


O marido-carnívoro já pediu carne e veio esta fatia de porco com molho de mostarda. A fatia era do tamanho que aparece na foto, sem brincadeira, coisa de comer numa bocada só! Quando o prato chegou, olhamos para a carne, eu olhei para o Luiz, ele olhou para mim e demos uma risadinha discreta! rsss


Para completar, de sobremesa vieram bolinho de chocolate com chantily, creme brulée de chá preto e frutas (meio morango e uma fatia de kiwi).

Conclusão: tudo muito lindo mas saímos com fome do restaurante! Acho que temos estômago de pobres mesmo pois deu vontade de entrar no primeiro lamen-yá que aparecesse! rss

Só não fizemos isso porque estávamos atrasados para um compromisso mas valeu a experiência!

11 comentários:

brisak disse...

Querida Akemi,

Pra mim ainda parece comida japonesa:)) Tao "clean"..Qdo penso em comida italiana penso em molho, fartura, pratos grandes, coloridos e bem servidos..

Bjs

Bri

risonha disse...

nem sei de que fotos gostei mais: se da comida se das flores... achei este post delicioso e perfumado.

Agdah disse...

Eu pensei a mesma coisa que Bri, será que é assim "singela" na porção para seguir aquela linha do tamanho sushi ou "bento boxzinho". Eu achei bonitinho mas, como carnívora também acharia engraçada a fatiazinha.

Flor de Sal disse...

olá Akemi. Obrigada por partilhar as fotos das flores. São verdadeiramente LINDAS!
Eu também ficaria com muita fome depois desse restaurante!!!!

Laurinha disse...

Que lindos post, Akemi, adorei suas flores!
Agora,
Bem,
Eu, que como com os olhos, E , com a barriguinha, estaria frita, pois
já teria acabado só com meu olhar :DDDD!
Mas que é lindo, é!
Meu marido é que teria um troço! Beijinhos,

Lu disse...

Também adoros os cosmos,são flores tão delicadas!Aqui pertinho em frente a um yochien tem uma plantação dessas flores.Ficam lindas quando florescem!
Menina que restaurante chique esse,mas acho que também sairia de lá morrendo de fome rs
Você faz curso no ABC?Depois mostra para a gente seus trabalhinhos feitos na aula ^^',tenho certeza que também sabe como mexer com o bico de confeitar!
Beijos mil!

(ps:derreti a rapadurinha mas não deu certo,passou do ponto e virou um bala dura rss)

Akemi disse...

Brisa, essa era a nossa idéia quando entramos no restaurante!

Risonha, que bom que gostou do post, amiga!

Agdá, umas fatias mais não estragariam a estética do prato na nossa humilde opinião! rss

Flor, acho que o restaurante é bom para quem está de dieta! rsss

Laurinha, não é um lugar que recomendaria para quem estiver faminto! rsss

Lu, já fiz curso no ABC mas não ensinam muita coisa na parte de decoração. Que pena que a experiência com a rapadura não deu certo, tente fazer o bolo com mel mesmo!

Karen disse...

Pois é, os italianos geralmente são mais fartos, isso parece mais "afrancesado" e acho que também sairia com um pouco de fome, apesar de aliviada por não ter comido até ficar cheia... rs

Valentina disse...

Amiga , me acabei de rir de ti. Sairam com fome..que dó!! Agora a apresentação dos pratos é linda!!

Eliana Scaramal disse...

Amiga eu ri demais, e tenho que dizer que aqui também temos estômago de pobres. hehehehe Agora se te conforta minha cozinha também não tem janelas, depois te mando uma fotinha. :)

Cris disse...

Amiga, tem certeza que este restaurante é italiano? Pelo tamanho das porções e da cara, eu juro que é francês! :-) Amei as flores, meu ponto fraco, eu também, não posso ver uma florzinha, por mais simples que seja que minha camera já vai na frente. Esta história sua me lembrou de quando visitei Washington e paravam os ônibus com turistas japoneses, menina, eles fotografavam tudinho, isto há 20 anos, aff, isso mesmo, a primeira vez que fui para lá no intercâmbio e nem se sonhava com digital. Bjs!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails