quarta-feira, novembro 21, 2007

Panquequinhas de cará



Aqui tem uma variedade de cará que os japoneses gostam muito de comer apenas ralado e cru sobre o arroz ou macarrão. Na nossa última sessão de acupuntura, ganhei alguns mas como não sou muito fã dele cru, a doutora me deu algumas outras dicas de como consumi-lo. Esta panqueca é uma delas. A textura leve e fofa lembra uma omelete e você pode colocar na massa legumes ralados ou usar outros temperos.
Ela me ensinou apenas a colocar manteiga derretida, ovo e shoyu. Eu substitui o shoyu por sal e pimenta e adicionei cheiro verde bem picadinho.
A seiva do cará causa coceira nas mãos, deixando-as bem irritadas. Eu usei luvas de borracha e resolvi este problema. Para os desavisados que não tomaram cuidado, a Nina deu a dica para deixar as mãos de molho em banchá!

Outras dicas para usar cará (tororô imô):

- no missô shiru (caldo japonês). Faça um caldo de peixe, pingue colheradas do cará ralado e deixe ferver. Não precisa deixar muito tempo, pois lembre-se que ele é consumido até cru. Desligue o fogo e dissolva o missô. Sirva em seguida.

- cru. Rale o cará, coloque no "suribati" (tipo de pilão japonês) e reserve. Coloque uma lata de atum numa panelinha e cubra com um pouco de dashi ou água. Leve ao fogo e deixe ferver. Desligue o fogo e coloque missô de modo que fique mais salgado que um missô shiru comum. Vá colocando o caldo aos poucos no suribati mexendo sempre até que fique na consistência desejada. Sirva quente ou frio sobre o arroz branco. Esta é uma versão que a doutora criou para agradar seus filhos. Na verdade, a receita pede cavala.

Atenção, meninas, publiquei antes aqui achando que inhame era a mesma coisa que cará, mas pesquisando vi que são coisas totalmente diferentes! Para maiores informações, dêem uma olhada no post da Neide. Ela explica tudinho e toda a confusão com as trocas de nomes! Obrigada, Karen, por me alertar!

Panquecas de cará japonês

1 cará médio (tororô imô)
1 ovo
1 colher (sopa) de manteiga derretida
cheiro verde picado a gosto
sal e pímenta do reino a gosto

Rale o tororô imô e junte os demais ingredientes. Misture bem e despeje colheradas da massa numa frigideira com um pouco de óleo. Deixe dourar de um lado, vire e espere corar também. Sirva quente ou frio.


16 comentários:

Marizé disse...

As panquecas estão com uma aparência linda, fico só a imaginar a delicia que são.
Não conhecia esse legume ou fruto, muito interessante.

Beijocas

Karen disse...

Eu também não sou muito fã de tororo imo (é o nosso "cará", não é?), mas a receita é interessante!

Dani Toré disse...

Nossa, que diferente.
Devem ter ficado deliciosos...
Bjs

Laurinha disse...

Ahã, aprendi mais um! é o cará como a Keren disse?
Beijinhos,

laila disse...

que mimo as panquecas!!adorei a ideia e tentarei com o nosso inhame!
fiz uma vez uma pesquisa sobre inhame e descobri tanta coisa boa...q realmente deveriaram canolisar o dito! bjos

Marcel Miwa & Nina Moori disse...

Gosto muito de tororô imô, mas na única vez que fiz em casa, me lasquei! Me deu uma coceira louca...liguei para a minha mãe: ela riu! disse para deixar as mãos de molho em banchá morno...pelo menos resolveu! rsrsrs
bjo,
Nina.

Lu disse...

Que nome engraçado né rss.
Ainda não vi desse tipo por aqui.Meu marido adora inhame cozido com shoyo!

Akemi disse...

Meninas, depois do comentário da Karen fui dar uma pesquisada rápida e descobri que inhame e cará são coisas completamente diferentes, apesar de serem tubéculos! Uia!
Já estou indo corrigir meu post. É cará, tá, meninas!

Katia Mine disse...

meu marido adoro tororô, mas sempre faço cru ralado com dashi.
Vou tentar essa receita
bjos

bia disse...

estas panquecas devem ser deliciosas ! Mas faz tatno tempo que nao vejo cara, deu ate vontade !!! Inhame ate que encontro por aqui ! beijocas

Cris disse...

Akemi, devem ficar deliciosas! Mas estou rindo aqui com a foto, me lembrou aquele desenho de quando éramos crianças, que eram irmãos da idade da pedra que viviam se batendo, lembra? bjs!

CRIS disse...

Nossa essas panquecas devem ser supimpa! Uma delícia. Gosto de servir o cará cortado e rodelas grossas e cozido apenas com sal, para acompanhar carne de panela. E um pimentinha bem ardida. Tudo de bom!
ô Akemi passa lá no meu blog, será um prazer prestigiar sua visita!
Um beijão!
Te desejo muito sucesso!

Valentina disse...

Amiga, que panquequinhas bacana!

Mirian disse...

Acabei de fazer. Todos em casa amaram. Inclusive as crianças q nao comiam cara de jeito algum. Eu disse q era hamburguinho de batata. Todos repetiram. Obrigada pela receita. Gostoso e muito nutritivo. Amei

Mirian disse...

Kkkk parece msm rsrs

Mirian disse...

Irmaos rocha...nao consegui mandar a imagem deles...mas parece msm

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails