quarta-feira, abril 11, 2007

Macarrão com nabaná e bacon ao molho branco



Cheguei em casa com uma vontade imensa de comer lasanha. Mas prometi a mim mesma que não iria comprar ingredientes durante a semana, pois cada ida ao mercado é um rombo na carteira. Nunca saio só com o que tinha ido comprar! rss
Já que não tinha presunto nem carne moída, pensei num macarrão gratinado. Fiz tudo na frigideira mesmo e ficou uma delícia! O nabaná foi uma descoberta recente. Nunca tinha dado muita bola para aquele pacotinho de brotos amarelos envolvidos num pedaço de papel... Sempre reclamo da falta de variedades de verdura aqui em comparação ao nosso Brasil, mas também acabava sempre por comprar as verduras conhecidas. O estranho, diferente sempre ficava de lado. Como preparar, que gosto teria?
Apesar de estar comendo outras tantas coisas diferentes que até minha mãe se espanta. Natô, o terrível "feijão podre", agora é uma coisa que como tranquilamente e até com prazer! Coisa impensável na minha juventude. Não imaginam minha cara de desgosto quando meu avô aparecia com alguns pacotes em casa. Eram avidamente disputados pelos meus irmãos. Como podiam gostar daquela meleca fedida?, pensava nestas horas. Alimentos amargos então nem pensar naquela época. Odiava escarola! E hoje encaro até um nigauri!
Então, um belo dia comentei para uma japonesa que trabalha comigo que tinha ido passear numa plantação de nabaná (ou nanohana) e ouvi dizer que era comestível. Sem demora ela já começou a me passar os dados da planta! E no dia seguinte já me trouxe uma folha com uma receitinha bem básica e que ela sempre prepara em casa. Basta cozinhar os brotos em água fervente com sal por alguns segundos. Escorrer e dar choque térmico com água fria. Espremer bem e picar em duas ou três partes. À parte, coloque shoyu, uma pitade de açúcar e karashi (mostarda japonesa). Misture tudo e sirva sobre a verdura cozida. O nabaná é levemente amargo e muito macio. Se você gosta do amargo do jiló, não vai estranhar o sabor desta verdura.
Infelizmente não tirei uma foto da verdura antes de cozinhá-la, mas ela lembra bastante o "yumesakiná" que postei uns tempos atrás.

Para 4 pessoas

150g de macarrão penne ou outra massa curta
1 pacote de nabaná
2 dentes de alho picadinhos
1 colher (sopa) de azeite
4 fatias de bacon picadas em pedaços de 1cm
250ml de creme de leite fresco
2 colheres (chá) de consome granulado
10g de manteiga
uma boa porção de queijo ralado
queijo mussarela ou outro que derreta picadinho
sal e pimenta do reino
noz moscada

Descarte as pontinhas dos nabanás e lave bem em água corrente. Sempre deixo um pouco de molho em água e vinagre e antes de usar dou uma enxaguada. Pique em 3 pedaços.

Coloque bastante água numa panela grande e leve ao fogo para ferver.

Quando abrir fervura, salgue e coloque o marcarrão para cozinhar. Verifique o tempo de cozimento na embalagem. Faltando uns 2 ou 3 minutos para completar o cozimento, acrescente o nabaná e deixe somente o tempo da verdura mudar de cor. Escorra.

Enquanto o macarrão cozinha, organize seu tempo para que o molho esteja pronto junto com o final do cozimento do macarrão. Refogue o alho no azeite em fogo baixo. Quando começar a exalar o cheiro do alho, coloque o bacon e frite por alguns minutinhos. Junte o creme de leite, o consome, o queijo ralado, a manteiga e acerte o sal e pimenta. Polvilhe a noz moscada e junte o macarrão escorrido. Misture bem para envolver bem o molho na pasta. Espalhe a mussarela, misture e deixe só o tempo do queijo derreter. Sirva imediatamente.

4 comentários:

brisa disse...

Oi Akemi!! Que lindos os pratos!! O sanduichao abaixo esta de parabens, soh de olhar abre o apetite:))

Querida eu queria dar uma dica de "lasanha" depois que lih que voce nao tinha queijo nem presunto..Faca com os veggies mesmo!! La em casa, fazemos com os veggies que estiverem sobrando na geladeira (desde que sejam sabores que combinem). Se nao, usamos uma mix de veggies que sempre temos no freezer(cenoura amarela fatiada, flores brocolis, flores de couve flor e baby carrots). Cozinhamos no vapor ateh estarem al dente.

Faca as camadas de lasanha do jeito habitual, massa, molho, veggies, queijo, massa, molho....a ultima sendo de queijo, naturalmente.

O que eu acho legal, eh que eh feita com molho de tomate, muzzarela e queijo parmesao, como uma lasanha "carnivora", nao como molho branco ou ricota..

Ufa! Logo cedo e eu aakih tagarelando:))

Beijos querida

Bri

Mirian disse...

Oi Akemi!Cada dia mais saboroso seu blog!
Não conheço essa verdura...
agora natô eu tbm já como...rsrsrs...meu filho mais novo adoraaaa ,mas não come feijão de jeito nenhm...
Adoro seu blog!rsrs..
Bjos!

Eliana Scaramal disse...

Akemi sabe que eu também tenho evitado muitas idas ao supermercado?! Todas as vezes que vou buscar uma coisinha volto cheia de outras que não estava planejado. hehehe Eu não conheço essa verdurinha, mas o prato está tão lindo! Como tudo que passa pelas suas mãos né?!

Akemi disse...

Brisa, você é mesmo um amor! Muito obrigada pela dica da lasanha com legumes, vou lembrar da próxima vez!

Mirian, vou ver se tiro uma fota da próxima vez que comprar e atualizo este post!

Eliana, essas comprinhas fora de hora são um perigo ne, amiga? rss E vc sempre fofa com seus elogios, me deixam sempre lá nas estrelas, querida!
Beijos a todas!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails