terça-feira, abril 17, 2007

Carne de porco sauteado no molho de gengibre (butá niku no shôga yaki)



Esta receita é muito rápida e prática de ser preparada, além de ficar deliciosa! O cheiro que fica na cozinha, enquanto o molho apura, é de abrir o apetite de qualquer um! Ótima pedida para acompanhar uma bela tigela de arroz branco recém-cozido!

Carne de porco sauteado no molho de gengibre

400g de lombo de porco em bifes bem finos

Tarê (molho):
60ml de shoyu
60ml de saquê
60ml de mirin
1/2 cebolinha branca comprida picadinha ou 1/2 cebola picada
um pedaço de 3cm de gengibre ralado
1 dente de alho ralado

Misture todos os ingredientes do molho e reserve.

Forre o fundo de uma frigideira com um pouco de óleo. Deixe aquecer bem e frite os bifes dos dois lados. Não é necessários fritar bem, pois depois será cozido com o molho. Frite alguns bifes de cada vez para que não solte muita água.
Depois de todos os bifes fritos, retire o excesso de óleo da frigideira com a ajuda de um papel toalha. Devolva os bifes para a frigideira, aproveitando o caldo que tiver depositado na vasilha também. Despeje o molho por cima e deixe apurando em fogo médio para alto até que reduza pela metade e fique encorpado. Revolva bem os bifes para que o molho fique bem espalhado.
Faça uma caminha com verduras (usei alface americana, brotinho de nabo e folhas de shisô picadas) e deite os bifes por cima. Regue com o molho e sirva em seguida. Se quiser, polvilhe gergelim branco sobre os bifes.

10 comentários:

bia disse...

deu fome so de imaginar o cheirinho hmmmm !!!

Elvira disse...

Deve ficar muito aromático, esse pratinho! :-)

Cris disse...

Akemi, hum delícia, eu imagino que seja meio picante o sabor, eu não conheço mirin, vou pesquisar aqui. Bjs!

Eliana Scaramal disse...

Imagino o perfume?! Que prato lindo! A lista só vai crescendo. :)

Cláudia disse...

Que delícia Akemi!! Já anotei a receita e não demorarei muito a fazê-la. Um beijo.

Akemi disse...

Bia, dá, sim!

Elvira, o gengibre perfuma qualquer prato!

Cris, não muito, acho que é mais para salgado. Dá para comer bastante arroz! rsss

Eliana, acho que a minha lista é maior!

Cláudia, depois me conte o que achou, amiga!

márcia disse...

olá!!! vc sabe que eu sou uma japonesa paraguai, né??? vc poderia me explicar a diferença de saque e do mirin??? obrigadinha... bjs

Cristina B. disse...

Puxa Akemi, vc não perdoa ! Estou de dieta, mas toda vez que entro aqui, caio em tentação.
Quando cheguei ao Japão há 7 anos, achava o fim o arroz sem sal japonês.Sempre que ia à restaurantes, jogava o mollho se soja por cima.
Meses se passaram... hoje,tenho minha tão querida panelinha automática e não troco este arroz quentinho por NADA!
Amiga, sobre o mistoman,aqui encontra-se no Chinatown e em lojas de conviniência. O recheio é de queijo e presunto.
bjs

Akemi disse...

Márcia, mirin é um saquê adocicado.

Cristina, pode parar com essa estória de regime! Vc não precisa, amiga!
Mais cedo ou mais tarde, todo mundo se rende ao arroz japonês! Não tem outro melhor!

valentina disse...

Molho, saque e mirin sao demais. E o gengibre. Nota dez esta receita.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails