terça-feira, junho 13, 2006

Kimpirá Gobô (Refogado de raiz de bardana)



Um dos pratos japoneses mais famosos, o refogado de raiz de bardana, é aquela comidinha típica feita pela mamãe. Cada uma prepara à sua maneira, coloca os ingredientes e temperos na quantidade que a família mais gosta. Muito bom para comer com arroz branco e um peixe grelhado.

1 raiz de bardana média
1/2 cenoura
pimenta vermelha seca em rodelas
60ml de água
2 colheres (chá) de óleo de gergelim
2 colheres (chá) de açúcar
4 colheres (chá) de saquê
4 colheres (chá) de shoyu
2 colheres (chá) de mirim
gergelim branco à gosto

Lave muito bem o gobô (raiz de bardana) com uma escovinha. Em seguida, corte a parte mais grossa do gobo em fatias transversais. Depois corte em palitinhos não muito finos (mais ou menos na espessura de um fósforo). A parte mais fina do gobo, corte em nacos de 5 cm. Em seguida, corte no sentido do comprimento em fatias e depois em palitinhos também. Coloque tudo numa tigela com água e deixe por alguns minutos. Escorra a água e deixe secando por alguns instantes. Deixe para escorrer um pouco antes de refogar pois o gobô, se deixado muito tempo exposto no seco, acaba escurecendo.
Descasque a cenoura e corte de comprido, depois em palitinhos. Reserve.
Coloque o óleo de gergelim e os anéis de pimenta numa frigideira e leve ao fogo baixo. Quando começar a fazer barulhinho de fritar, coloque o gobo e deixe refogar alguns minutos em fogo médio para alto. Junte a cenoura, misture e deixe refogar mais alguns instantes. Coloque a água e o açúcar e misture bem até dissolver o açúcar. Junte os demais ingredientes e deixe refogar em fogo baixo até o caldo reduzir em 1/3. Desligue o fogo, tampe e deixe abafado por uns 5 minutos. Na hora de servir, coloque em pratinhos e espalhe gergelim à gosto. Tem quem goste de colocar lascas do peixe bonito (katsuobushi) também.

14 comentários:

Karen disse...

Você leu meus pensamentos! Nunca preparei kimpira sozinha e pensei que talvez fosse uma boa idéia pedir a receita para você, vi bardana à venda em uma mercearia e fiquei com vontade de comprar.

Akemi disse...

Espero que goste desta receita, Karen!

valentina disse...

Querida, nao conheço bardanas. Vou dar uma olhada por ai para saber mais.

Anônimo disse...

Eu cultivo a bardana em minha horta há muitos anos e gosto muito de prepará-la com cenouras, carne moída e shoyu. Zélia - Videira - SC

Anônimo disse...

Muito obrigada Akemi. Jamais oensei q. conseguiria fazer o gobo igual da minha batiã. Ficou delicioso. Arigatô!!

Rosa disse...

ai..não qro. ficar anônima não. Adorei o gobo!!!

Akemi disse...

Zélia, quem me dera ter uma horta para ter legumes frescos! Fiquei roxa de inveja! Beijos!

Rosa, muito obrigada por voltar para deixar seu comentário! Que bom que gostou da receita!

Ana Carmen disse...

Adorei a receita :)

Akemi disse...

Que bom, Ana Carmen! Bjs

Flávia disse...

Gostaria de saber quais os nutrientes tem o gobo? Adoro comer, mas nunca soube que nutrientes ele tem. Obrigada

Dan disse...

Gobo eh sempre bem vindo nas refeicoes aqui no Japao, uma dica para quem gosta e esta no Japao, eh comprar a raiz de bardana no mercado GyomaSupa, la ja vem um pacote de 500gramas por 88yenes, ja vem picadinho em tirinhas com cenoura, assim como na foto da receita, ai eh soh preparar a receita conforme esta acima e se deliciar com o Kimpira Gobo, parabens pela receita do site.

Dan disse...

Gobo eh sempre bem vindo nas refeicoes aqui no Japao, uma dica para quem gosta e esta no Japao, eh comprar a raiz de bardana no mercado GyomaSupa, la ja vem um pacote de 500gramas por 88yenes, ja vem picadinho em tirinhas com cenoura, assim como na foto da receita, ai eh soh preparar a receita conforme esta acima e se deliciar com o Kimpira Gobo, parabens pela receita do site.

julio e fernanda disse...

obrigada pela receita,
estavamos procurando uma receita pois compramos ontem na liberdade. uma amiga minha fazia e estava com saudades...

Juliana disse...

DomoArigatou, Neee? Oishiiiiii...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails