domingo, setembro 24, 2006

Bolo grego de laranja com cobertura de iogurte e pistache




Simplesmente delicioso! Este bolo surpreende pela textura, sabor, delicadeza! Mais uma vez outra ótima sugestão da Valentina. Já estava namorando a receita desde que a vi no Trembom, mas nunca que encontrava a tal da semolina. A vontade de fazer e comer era tanta que uma vez fiz com farinha de trigo. Ficou horrível! Nada a ver com a maciez que a semolina dá à massa. Imaginava que o mel deixaria o bolo doce demais, mas a acidez do suco de laranja e do limão equilibra muito bem.
Outra coisa que fiz desta vez foi usar o processador de alimentos para triturar as laranjas. Sim, tirei o aparelhinho das profundezas do meu armário (está como novo, com a caixa original e tudo!). Na ocasião que fiz com farinha de trigo, usei o liquidificador, por pura preguiça de tirar o bendito processador, e o purê fica beeeeem diferente. Talvez tenha sido este também um dos fatores para que o bolo não tivesse ficado bom...
O sabor deste bolo me fez lembrar do bolo "Toalha Felpuda"! Quanto tempo que não como este bolo! Lembro-me que minha mãe ganhou a receita deste bolo de uma de suas freguesas (tínhamos uma quitanda). Houve uma festinha de final de ano na escola e fui incumbida de levar o bolo. Minha mãe preparou este "Toalha". Levei à escola e foi simplesmente um SUCESSO! Nunca haviam comido um bolo assim, molhadinho e tão macio. Minha professora ficou tão encantada que chamou até as professoras das salas vizinhas para experimentar. Imagine o meu orgulho, afinal foi MINHA mãe que fez!
Saudades daqueles velhos e bons tempos! Amor de mãe também é isso, preparar coisas gostosas para os filhos e disso não tenho do que reclamar da minha querida mãe. Todos os domingos, depois de trabalhar a semana toda na quitanda, inclusive aos domingos, ainda tinha pique para preparar alguma coisa para nós. Bolos, pães, pizzas, sopas... quantas coisas gostosas! Bem, agora vocês podem imaginar de onde vem a minha grande paixão por cozinha!

Bolo grego de laranja com cobertura de iogurte e pistache

2 laranjas pequenas inteiras, cortadas em 4 e depois em 8 pedaços – retire somente as sementes
125g de amêndoas trituradas, como uma farinha
175g de manteiga em temperatura ambiente, bem macia
175g de açúcar
3 ovos grandes em temperatura ambiente, batidos levemente
250g de semolina
4 ½ colheres de chá de fermento para bolo

Para a calda:

225g de mel de boa qualidade (por favor, não use mel Karo – se é que ainda existe)
5 colheres de sopa de água
1 pau de canela (5cm)
5 colheres de sopa de suco de laranja
1 ½ colher de sopa de sumo de limão

Para a cobertura:

200g de iogurte natural
40g de pistache sem sal, picado
2 colheres de sopa de mel de boa qualidade


Você também vai precisar de uma assadeira redonda de 25 cm, daquelas que abrem na lateral, untada e forrada com papel tipo manteiga

Pre-aqueça o forno – 200oC. Coloque as laranjas no processador e bata até ficar com um purê. Coloque todos os outros ingredientes para o bolo numa tigela e bata bem até que você tenha uma mistura homogênea e macia. É muito importante que a manteiga esteja em temperatura ambiente mesmo e bem macia. Coloque o purê de laranja na tigela com a mistura e mexa com uma colher de pau para incorporar o purê à massa.

Coloque a mistura na prateleira do meio do forno, e asse inicialmente por 10 min. Após este tempo reduza a temperatura para 180oC (não abra a porta do forno) e asse por mais 40-45 minutos ou até que o bolo fique dourado e que passe o teste do palito.

Enquanto isso prepare a calda. Coloque o mel, o pau de canela e cinco colheres de água numa panelinha e leve ao fogo até o ponto de fervura. Baixe o fogo e deixa aferventar por 5 minutos. Após este tempo retire a panelinha do fogo, retire o pau de canela, e acrescente o sumo de laranja e limão e misture bem.

Quando o bolo for retirado do forno, deixe que ele fique na forma por 5 minutos e só então retire o bolo da forma. Faça furos nele e despeje a calda no bolo. Não se importe se achar que tem muita calda. O bolo vai absorver toda a calda. Deixe o bolo esfriar completamente e só então coloque a cobertura – espalhe primeiro o iogurte na parte de cima do bolo, depois o iogurte e salpique o pistache. A Valentina não espalhou mel, mas eu coloquei e acho que ficou muito bom, vai do gosto de cada um. Mas é muito importante que você utilize a calda. Não deixe de colocá-la!

PS: estava vasculhando na net uma receita de "Toalha Felpuda" e me espantei por não encontrar uma parecida com a de minha mãe. A massa do bolo é basicamente a mesma, mas na calda, minha mãe usava suco de laranja, daí a minha lembrança do bolo com este da Valentina. As receitas que vi por aí levam água ou leite na calda. Bolos com esta calda eu conheço como "Colchão de Noiva".

18 comentários:

miki w. disse...

akemi, q delícia o bolo e a história! sabe que eu copiei uma receita de toalha felpuda da última vez que fui visitar minha mãe? coincidência né! tb A-DO-RO esse bolo, mas a calda é como você descreve o colchão de noiva, nada de laranja (vai tipo leite de coco, coco ralado e mais outras coisinhas). fiquei curiosa com a receita da sua mãe!
e com vontade de experimentar esse bolo da valentina!
bjs e otima semana, miki

Ana disse...

Akemi, esta lindo!! Parece delicioso!
Ah, e eu tbem gosto do bolo toalha felpuda, eh mesmo bem molhadinho e macio... hummm, ate fiquei com vontade de ler seu post! hehe! Mas na minha receita a calda tbem eh feita com leite...
Ana

Karen disse...

Ah! Os bolos da Valentina são deliciosos, essa receita deve ser muito boa, nunca fiz nada com semolina, nem sei como é! O processador faz diferença mesmo (eu acho!).
Agora só falta postar a receita da sua mãe! Nunca comi toalha felpuda!

Fezoca disse...

Akemi, que delicia! vai pra lista, vamos ver se um dia eu faco todos esses bolos deliciosos que voces testaram e divulgaram! beijos!

renata disse...

Hey, encantada ! Faz mil anos que nao como toalha felpuda.Eu tenho a receita mas como a miki disse com leite de coco etc.Esse nome colchão de noiva é novo para mim.Ficamos no aguardo da receita da tua mamãe hi hi. Beijaozão

K471 disse...

Viva, para quando comida japonesa?
Já agora aos interessados, venham dar uma ajuda a este fórum criado por mim, mas que ainda está bem verdinho...
Bora lá temperar com cores, divertimento e muito sushi e sashimi pelo meio!
http://forumsushisashimi.activebb.net/

Obrigada!

Eliana Scaramal disse...

Que lindo o bolo e parece muito gostoso! Também adoro toalha felpuda é mesmo bem molhadinho e saboroso.
Beijo!

Akemi disse...

Miki, pelo visto só minha mãe preparava o toalha felpuda com laranja! Vou postar qualquer dia aqui! Acho que este bolo é um clássico que todos gostam! Tenha uma ótima semana tbm, Miki! Bjos!

Karen, não acredito que vc nunca comeu toalha felpuda!!!!! rsss
Como disse lá no blog da Eliana, as receitas da Valentina são impecáveis! Vou deixar a preguiça de lado e usar o processador toda vez que a receita pedir agora...rssss

Fezoca, eu tbm tenho algumas receitas suas que preciso testar. Aquele bolo de cornmeal não me sai da cabeça! Hummmm!

Renata, os nomes dos bolos brasileiros são tão originais, ne? Toalha, colchão, formigueiro, brigadeiro...rsss Aguarde que uma hora eu posto a receita de minha mãe!

Eliana, precisamos apresentar este bolo à Karen! ;-)

Dadivosa disse...

Akemi, que coisa mais linda! Não consigo decidir se gosto mais da receita, da foto ou da história da toalha felpuda... na dúvida, vou ficar com os três, tá?
Beijos

Anônimo disse...

Oi Akemi, que bolo lindo ! Eh de dar agua na boca. Fico impressionada como vc consegue assar bolos tao perfeitos nesses fornos japoneses. Olha, eu sofro muito ! Tenho que ficar de olho e sempre assa mais de um lado, queima em cima...dificil! Nada como o nosso forno a gas brasileiro.
Parabens pelas receitas !
beijo, Cristina

Akemi disse...

Dadivosa, obrigada pelos elogios! Como sempre gentil! Ahhh, encontrei uma receita de requeijão caseiro, vou testar e ver se é boa. Depois te conto!

Cris, os meus bolos ficam como os seus, mais assado no fundo e branco na frente. Tbm preciso ficar rodando ele para que asse por igual! rss
Ehhh forno bom mesmo é à gás! Fora o tamanho ne? Obrigada pela visita e pelo comentário! Bjos e apareça mais vezes!

Patricia Scarpin disse...

Akemi, tô aqui doidinha pra comer esse bolo, que lindo, que delícia!!
Vc tem razão, os bolos da Valentina são demais, e os seus tb!

Li em algum lugar que colchão de noiva foi o precursor do bolo de rolo.

Anônimo disse...

Akemi
Estou no clube da Fezoca, talvez um dia eu faça esses bolos que vocês testam e divulgam... Colecciono receitas de todo o mundo, pode ser que, qualquer dia, passe da teoria à prática.
Há já umas semanas que ando lendo com muito interesse o seu blog e outros relacionados e com vontade de meter a colherada. Hoje não resisti.
Temos em Portugal um Colchão de noiva que é, basicamente, uma torta (rocambole)de claras e açúcar com recheio de ovos moles.
Também estou curiosa com o Colchão da sua mãe.
Interesso-me muito pela Gastronomia brasileira e gosto muito do seu blog. Se não se importar usarei, de vez em quando, este meio para lhe pedir que me esclareça algumas dúvidas que me vão surgindo. Por exemplo, o que é bolo de rolo?
Nela

miki w. disse...

akemi, como rendeu essa história de toalha felpuda, heim? me diverti agora lendo todos os comments!
vou aguardar a receita da sua ansiosamente!
bjs! miki

valentina disse...

Querida Clarice, estava ausente e so retorno agora. LINDO!! Este bolo realmente 'e divino. e ler a tua narrativa alimenta a alma. Acho que vou fazer este bolo na sexta, quando estarei de folga no trabalho para acabar a mudanca. Voce 'e demais com estas maos de fada.

Akemi disse...

Patricia, não sabia desta estória do bolo de rolo. Vou dar uma pesquisada!

Nela, muito obrigada pela visita! Espero que passe da teoria para a prática em breve! Que interessante colecionar receitas de todo o mundo, ficaríamos encantadas se pudesse compartilhar conosco! Que tal iniciar um blog também???
O bolo de rolo é um doce típico do estado de Pernambuco. Infelizmente nunca provei mas quem já comeu diz que é muito gostoso. É um rocambole recheado com goiabada em pasta, mas a massa do bolo é bem fininha. Se você digitar no google você vai encontrar mais informações e até imagens desta iguaria.
Estarei sempre à disposição, Nela!
Beijos

Miki, a toalha já está virando lençol! kkkkk
Só me resta preparar este bolo agora! Me aguardem! Beijos!

Valentina, saudades, amiga!
Imagino que a nova casa esteja linda, aguardamos novidades! Este bolo é surpreendente! Como sempre suas sugestões não me desapontam nunca! Beijos

Ana disse...

Oi Amiga!
Vim aqui responder as perguntas q deixou no meu blog!
Quanto ao pure de abobora, eh somente cozinha-la e amassar mesmo! Mas tome cuidado p/ nao deixar o pure muito aguado. Se vc puder assar a abobora eh ate melhor! (corte-a ao meio, tire as sementes, coloque em uma assadeira com a parte cortada virada p/ baixo, e asse por aprox. 1 hora no forno a 400F - fica perfeita!)
Quanto ao iogurte grego, a diferenca eh q ele eh mais grosso, thick and dense. Eh uma delicia, e tbem super facil de fazer em casa!
Eh simples: pegue uma peneira e coloque-a em um pote ou tigela (p/ coletar o soro q escorrer). Sob a peneira coloque uma folha de papel toalha, e sobre o papel toalha coloque o iogurte natural. Deixe o iogurte escorrer na peneira, na geladeira, durante a noite. No dia seguinte, voila! Voce tem greek yogurt!!
A unica coisa a prestar atencao aqui eh comprar um iogurte natural q nao contenha amido/starch/farinhas. Procure o mais natural possivel, geralmente contendo somente leite e pectina. Pois o starch nao permite q o soro escorra.
Eh muito facil, e fica uma delicia! Eu faco isso sempre, quase todo dia. As vezes quero comer iogurte mais grosso de manha e ja deixo escorrendo na noite anterior.
Ah, p/ fazer 1 copo de greek iogurte (tbem eh chamado de drained yogurt, or yogurt cheese) vc precisa de mais ou menos 2 copos de iogurte natural. Ele reduz basicamente a metade quando perde o liquido.
Se vc deixar drenar beeeem fica o chamado "yogurt cheese", fica muito parecido com cream cheese, e MUITO mais saudavel!! (eu ja substitui cream cheese por isso em receitas s/ problemas!)
Espero ter te ajudado sem confundir muito, e qualquer duvida me escreve ok Akemi?!!
Beijos!
Ana

Daniela disse...

Oi Clarice, que delícia de bolo. Deu vontade de fazer pro final de semana.
:-))

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails