segunda-feira, março 27, 2006

Onde está a essência do Japão: Kyoto



Se você vier ao Japão e não for ao Monte Fuji e não andar de trem bala, você não conheceu o Japão! Essa é uma velha piada a respeito do turismo no Japão. Eu, apesar de não ter conhecido ainda muitos lugares aqui, e espero conhecer antes de voltar à terrinha verde-amarela, acrescentaria à piada que é preciso conhecer a cidade de Kyoto.
Quando se fala em Japão, creio que a primeira coisa que se vem à cabeça são todos esses produtos tecnológicos de última geração, da cidade cosmopolita de Tokyo, de automóveis, enfim modernidade. Entrar em Kyoto é dar um mergulho no passado. Passear por suas vielas estreitas de pedra, contemplar templos antigos e jardins bem cuidados...você tem a impressão de ter viajado no tempo. De repente você depara com carros puxados por homens usando trajes do tempo do samurai, gueixas descendo uma ladeira, casas de paredes escurecidas pelo tempo...uau! Onde estou mesmo? Mas aí o homem da charrete quer 5 dólares apenas para tirar uma foto, os postes e antenas nas velhas casas mostram que você continua no país capitalista e tecnológico! rs Mas são pequenos detalhes que não atrapalham a magia dessa cidade!
Essa foi minha segunda viagem à Kyoto e creio que mesmo que fosse 10 vezes, ainda não conheceria todos os lugares encantadores dessa cidade. Esperávamos encontrar as cerejeiras em flor, mas infelizmente não foi possível. Havia uma ou outra árvore florida. Foi uma viagem de ir e voltar no mesmo dia. Domingo. Acordamos de madrugada, saímos cedo, enfrentando 4 horas de viagem na ida. Foram apenas 4 horas pela cidade, muito pouco! Tantos lugares para visitar, vontade de entrar em todas as lojas para ver os omiyagues (souveniers) e no final de muita correria, a longa volta para casa que levou mais de 6 horas por conta do trânsito intenso na saída de Kyoto e um acidente de caminhões na auto estrada. Mas OK, foi um domingo maravilhoso, com pessoas agradáveis e uma cidade encantadora! Espero voltar outra vez a essa cidade!
Quanto à comida, infelizmente o tempo escasso não nos permitiu desgustar uma refeição completa e típica na cidade, nos abastecemos apenas com um obentô servido no ônibus, que só pelo colorido nos fez lembrar que estamos finalmente na primavera! As casas de chá vendiam muitas guloseimas com machá (chá verde em pó) como nos sorvetes, recheios de chou creams e doces japoneses. O doce típico de Kyoto é o yatsuhashi, um doce em forma triangular recheado de doce de feijão. O tradicional é de massa branca recheada com doce de feijão escuro, mas existem muitas variedades de massa e recheios, esse da foto é de sakura (cerejeira).
Abaixo algumas fotos para vocês conhecerem um pouquinho dessa cidade!



Uma ou outra cerejeira já estava em flor.


Jardim de uma das casas.


Gueixas descendo a ladeira.



Detalhe de um dos templos visitados.



Bentô (marmita japonesa) que comemos na viagem de ônibus.



Yatsuhashi (doce típico de Kyoto, massa de arroz cozido e amassado recheado com doce de feijão branco)

6 comentários:

Elvira disse...

Lembra-me um livro bem lindo de Kawabata: Tristeza e Beleza...

renata disse...

encantada com esta aula sobre cultura.sempre tive vontade de experimentar doce de feijão hmm.esta flor dentro da marmita é cenoura? tudo um capricho bj

Karen disse...

Ah! Um dia eu ainda vou voltar para Kyoto! Até comprei um sapinho de gesso (kaeru), em uma lojinha de souvenirs na ladeira do Kyomizudera, para voltar ao Japão um dia!
Quero conhecer Nagano também! Aquela vila com as casas cobertas de juta e canais com moinhos.

valentina disse...

Gostei muito deste posto. Escreves gostoso amiga. Anotei o nome do livro citado pela Elvira..esta visita ao teu blog foi muito proveitosa.

Akemi disse...

Elvira, preciso ler esse livro, tem o título?

Renata, é cenoura sim e essa florzinha é massa de peixe. Os japoneses se preocupam muito com o visual de seus pratos. Como se diz, primeiro se come com os olhos.

Karen, espero mesmo que vc volte ao Japão! Lugares lindos não faltam! Não conheço essa vila em Nagano, sabe o nome? Pior que vou para aqueles lados todos os feriados e quase não saímos para passear, ficamos só na casa da minha mãe se empanturrando com as gostosuras que ela prepara! kkkkk

Valentina, amiga, foi um post diferente mesmo, mas fico contente que tenha gostado! Gostaria de passar um pouco do que eu sei desse país para vcs! Bjos!

Karen disse...

Akemi, não sei qual o nome da cidade, não consegui identificar, sei que o filme "Sonhos" do Kurosawa foi filmado lá, também vi que há plantações de wasabi abertas para visitas por perto.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails