sábado, outubro 16, 2010

Data especial


*** Este post era para ter sido publicado ontem mas não sei por que cargas d'água a página do blogger não estava acessando! Grrrr!!! Então, por favor, não estranhem este post atrasado! ***

15 de Outubro: quantas comemorações num único dia!

Primeiro, meus parabéns a todos os professores! Profissional tão importante e que, infelizmente, nos dias de hoje é tão desrespeitado nas salas de aula, alguns casos chegando até nas páginas policiais. Lembro que no meu tempo na hora que o professor entrava na sala todos se endireitavam na carteira e se calavam, não por medo mas por respeito mesmo. Sempre estudei em escolas públicas. Tenho muitas boas lembranças das professoras do pré e do primário mas as que mais marcaram foram, não as boazinhas, mas as rigorosas que se esforçaram para passar matéria acima do nível medíocre das escolas públicas. Por incrível que pareça, a maioria dos alunos se revoltaram chegando até a reclamar na diretoria! Tenho certeza e a esperança de que ainda existem muitos professores assim pelo Brasil afora e é para estas pessoas que vai a minha grande admiração!

Parabéns para o blog Trembom da querida Valentina que completa 5 anos! Para quem não sabe, o Trembom foi minha grande inspiração para entrar nesse fantástico mundo dos blogs de comida! Quantas receitas gostosas de lá que já pintaram por aqui e, mais do que fonte de inspiração surgiu uma grande amizade que saiu do virtual quando a Valentina foi até o Japão para se encontrar comigo! Não é todo dia que encontramos uma pessoa tão doce e encantadora como ela e tenho muita honra e orgulho de estar entre suas amigas!

Se meu avô estivesse vivo, estaria completando 100 anos hoje. Ele nos deixou há 18 anos quando eu já estava no Japão. Quando lhe disse que estava indo para a terra dos nossas ancestrais, ele não me deu nenhum conselho. Disse apenas que lá eu não encontraria laranjas tão boas quanto às do Brasil! rsss
A maioria dos japoneses não têm o costume de demonstrar carinho fisicamente ou verbalmente e assim é na minha família. Sabemos do amor por pequenos detalhes, alguns gestos que valem mais do que mil palavras. Nunca vi meus avós dizendo "eu te amo" ou andarem de mãos dadas, mas jamais vou esquecer do modo como ele cuidou da minha avó doente em seus últimos dias. E quando ela se foi, do seu sofrimento e fervor ao orar todos os dias diante do altar japonês. Meu avô e um dos meus irmãos tinham "arranca-rabos" terríveis. Coisa de adolescência, rebeldia... este irmão também foi para o Japão e fiquei emocionada quando minha mãe escreveu dizendo que volta e meia encontrava meu avô sentado na cama do meu irmão...

E finalmente hoje é o aniversário do maridão! Já disse e repito, só ele mesmo para me aguentar estes anos todos! kkkk
Dizem que em casa de ferreiro, espeto é de pau e realmente quase desisti de fazer um bolinho para ele que, sempre protesta, dizendo que depois dos 18 anos não se comemora mais aniversário, onde já se viu??? Quase desisti por conta de um resfriado danado que me deixou com o corpo dolorido, garganta trancada, sem vontade de nada... mas tomei uns comprimidos e me mandei para a cozinha. Ele adora bolo de banana e por isso, escolhi esta receita.
Gostei da combinação de banana com doce de leite e chantilly no recheio mas a massa ficou a desejar. Achei um pouco pesada e para uma próxima vez, usaria esta receita. Bom, o importante é que o Luiz comeu e repetiu e mais tarde foi lá na geladeira e se serviu, coisa rara de acontecer quando ele não gosta de alguma coisa.
Nestes anos juntos, já passamos por muitas coisas boas e outras nem tanto mas espero compartilhar muitas outras com você! Com você as coisas são mais divertidas e alegres e sei que vamos sempre encontrar uma solução quando os obstáculos aparecerem! Muito obrigada por tudo!!! :)

Sem mais delongas, a receita:


200g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
200g de açúcar
200g de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
uma pitada de sal
4 ovos grandes levemente batidos
2 colheres (sopa) de leite
1 colher (chá) de essência de baunilha
2 bananas nanicas maduras e amassadas

Recheio e cobertura:

doce de leite cremoso o quanto baste
350ml de creme de leite fresco batido em chantilly (sem açúcar)
2 bananas nanicas em rodelas

Pré-aqueça o forno a 180oC.

Unte e enfarinhe duas formas de 20cm.

Peneire a farinha com o fermento e o sal.

Junte a baunilha ao leite.

Bata a manteiga até ficar cremosa. Junte o açúcar e bata até clarear e ficar fofo. Vá adicionando os ovos aos poucos, batendo bem a cada adição. Coloque as bananas e bata mais um pouco. Baixe a velocidade da batedeira e coloque a farinha peneirada com o leite. Bata só até incorporar tudo.
Distribua a massa nas duas formas e leve para assar por 30 a 35 minutos. Faça o teste do palito.
Tire do forno e deixe amornar por 5 minutos. Desenforme e deixe terminar de esfriar sobre grade.

Montagem: coloque um bolo sobre o prato de servir. Espalhe por cima uma camada de doce de leite. Disponha as rodelas de banana deixando um espaço livre de 1cm nas bordas. Cubra com uma generosa porção de chantilly e cubra com o outro bolo. Reserve cerca de 1/4 do chantilly caso queira fazer decorações com bico de confeitar depois. O restante, despeje tudo sobre o bolo e espalhe cobrindo tudo. Faça desenhos decorativos com doce de leite ou dê efeito marmorizado no creme. Para dar este efeito como da foto, faça uma espiral com o doce de leite e com a ajuda de um palito de dente, puxe do centro para fora, intercalando de fora para dentro.

Conserve o bolo na geladeira e retire 20 minutos antes de servir.

28 comentários:

Mamy disse...

Parabens pelo post emocionante,
parabens pelo niver do goshujinsama que adora bananas,
parabens pelo lindo bolo...jamais imaginaria um bolo de bananas assim!
Que capricho!
Bjo e arigatou pelo "meru"!

Trainee de Cozinheira disse...

Gostei do post, e desse bolo nem se fala vc é campeã!!!!bjs
Maura

Ana disse...

Parabens por todas as comemoracoes Akemi, e principalmente p/ o Luiz!
Voce esta mais do q certa, tem mesmo eh q comemorar!
Sabe q meu blog tbem fez 5 anos mes passado e eu deixei passar... mas logo vou colocar um post sobre o blogversario.
Bjs!
Ana

Marly disse...

Olá, Akemi,

Gostei muito deste post e concordo inteiramente com as suas palavras com relação ao professores da escola pública (na qual eu também estudei!). O bolo ficou com um aspecto espetacular!
Parabéns ao maridão e votos de vida longa e feliz para ele (e para o casamento de vocês!).

Um beijo e bom fim de semana!

Fabiana disse...

Akemi,
Também, só estudei em escola pública e realmente, hoje sinto a diferença.
Me lembro até de um professor, que dava provas supresas, ninguém gostava dele, mas era o melhor de todos os professores.
Eu estava sempre estudando, porque morria de medo das provas surpresas.
Um ótimo incentivo para pegar no caderno..kkkkkk
ah, adorei o seu bolo, uma verdadeira obra de arte!
Parabéns para o seu marido!
beijos

Valentina disse...

Querida amiga, se este blog ja tem 5 anos a nossa amizada e um pouco mais antiga pois estavamos no Beltrano e cybercook antes. Amanha coloco o post do Trem Bom por sua causa. este bolo ficou super bonito. que linda decoração. Este 15 de outubro, o teu blog , o blog da Ana...é tudo mais ou menos na mesma época. E o aniversário do Luiz...tantas causas para comemoração.xx

Luna disse...

Akemi, fico cada vez mais encantada com teus bolos, você faz tudo com tanta perfeição e delicadeza! Parabéns!!! ;D

Clau disse...

Lindo,enfim sempre você surpreende com tudo no blog,parabéns.Bjo.

Akemi disse...

Mamy-chan, penso mil vezes antes de publicar posts com coisas tão pessoais mas fico feliz em saber que sensibilizam pessoas como vc! Muito obrigada pelo carinho e amizade! Bjss e boa semana para vcs aí! ;)

Maura. obrigada!

Ana, obriguei a Val a fazer um bolinho tbm por conta do blogniversário!!! rss Mas queremos seu bolo tbm, onde já se viu deixar passas às brancas nuvens???

Marly, vc é uma querida mesmo! Muito obrigada pelo carinho! Um elogio seu aos meus bolos é motivo de grande orgulho vindo de uma boleira de mão cheia como vc!

Fabiana, só depois percebemos o bem que esses professores "perseguidores e chatos" fizeram por nós, não é verdade?

Val, agora o carro dos aniversários está em ponto morto descendo ladeira! rsss Só motivos para comemorar com a chegada do final do ano!

Luan, que saudades! Nem sabe como me incentiva ler suas palavras! Muito obrigada pelo carinho e não some não!

Clau, obrigada!

Akemi disse...

Ops, Luna, desculpe, digitei errado!!!! os dedos se embaralharam! rsss

karaimame disse...

Emocionada com o post Akemi chan! Só mesmo uma pessoa como você, com tanta sensibilidade para escrever com tanta ternura assim!

Como você é se reflete em tudo aquilo que fazes. Por isso, sempre, tudo que sai da sua cozinha é lindo, caprichado e cheio de amor ;) ♥
Adorei a dica do recheio de doce de leite com chantilly! Deve balancear bem os dois sabores ^_^

ó.. e antes de que eu me esqueça.. Parabéns para o maridao!! Ah.. ele é um sortudo viu?

Beijoooo

Carol Pimentel disse...

Akemi,
O posto está muito bonito.
O bolo está magnífico. A beleza dele combina com as belas palavras.

Adorei tudo.

Beijos e boa semana

Carol
http://cozinhando7.blogspot.com

AndreaDomingas disse...

Que post emocionante! Parabéns à todos e a vocè por este bolo lindo!

Bjs,

Danny Mou disse...

Olá!
Adorei suas receitas! ;o)
Quero convidá-la para participar do Concurso Culinária com Foto que está rolando no meu Blog.
http://byebyegordura.com.br/?p=2884

Beijos, Danny

Regina disse...

Olá Akemi!!

Há tempos que te acompanho, mas nunca cheguei a fazer um comentário... porém, desta vez não pude deixar de registrar aqui o meu carinho e minha admiração por você! Fiquei emocionada por ter lido este post tão sensível e verdadeiro...

Os orientais são, realmente, do jeito que você descreveu... eu mesma, custei a entender isso e sofria muito com a "indiferença" com que meu pai sempre me tratou, mas hoje, vejo que por trás daquele jeito durão e frio, se escondia um ser que sente e sentia muito carinho por mim... Voltei do Japão há uns três anos porque ele ficou doente e estou cuidando dele até hoje e foi uma pena descobrir esse amor somente agora... Mas, enfim, antes tarde do que nunca!

Creio que nós, brasileiros dekasseguis, contribuímos bastante com relação aos modos e costumes japoneses... eles aprenderam a ser mais receptivos, alegres, abertos... muitos aprenderam a se expressar, dizer o que sentem, a colocar sentimentos para fora... Infelizmente ainda são pouquíssimos os japoneses que "mudaram", mas, já é um avanço!!

Linda sua homenagem aos professores também, concordo com todas as suas palavras... Somos profissionais tão desvalorizados mas a verdade é que todas as outras profissões passaram, passam por nós e não há como negar que, de alguma forma, estaremos sempre na lembrança dessas pessoas!!!

Felicidades ao maridão também, percebemos o amor e companheirismo existente entre vocês e isso é muito bonito!!

Parabéns pelo blog, pelas receitas, pelo capricho que você tem por tudo!

Um grande abraço!!

(P. S.: Não pense duas mil vezes antes de publicar posts tão pessoais porque é justamente isto que faz toda a diferença!)

Fla disse...

Que bacana teu post.
Gostei da história do seu vô, parabéns para ele onde ele estiver.
E para teu marido também.
Belíssimo bolo!
Bjs

Akemi disse...

Lily-chan, não é a toa que o banoffee pie faça tanto sucesso! Esta versão bolo ficou bem interessante! E sortuda sou eu de ter o Luiz e leitores como vc acompanhando! Obrigada pelo carinho de sempre!

Carol, obrigada pelas gentis palavras! Boa semana para vcs tbm!

Andrea, obrigada!

Danny, obrigada pelo convite!

Regina, puxa quem ficou emocionada fui eu com seu comentário! Muito obrigada pelo incentivo e por contar um pouco de sua estória tbm. Parabéns pela corajosa e admirável profissão de professora e por assumir os cuidados do seu pai. Só com a maturidade entendi um pouco do comportamento do meu pai e dos meus avós e assim deve ter sido com vc. Novamente agradeço pelas lindas palavras! Um super abraço pra vc tbm! ;)

Akemi disse...

Oi, Fla! Obrigada pelo carinho de sempre!

Quitutes da Juju disse...

Oi Akemi!!Tem selinho para você lá no Quitutes. Beijinhos,
Http://quitutesdajuju.blogspot.com

Anônimo disse...

Terezinha disse: Oi...Akemi....Fiquei ausente por alguns dias, mas estou aqui vendo só belezas. De pronto vejo o bolo decorado como feito a pincel e mostrando a gostosura toda. Fiquei muito emocionada com teu relato sobre o teu avô. Fui criada numa família muito amorosa em que tios e avós viviam nos abençoando sempre. Tenho saudades de todos. Até meus pais não estão mais aqui. Estas pessoas foram exemplos, e devem ser lembrados. Ao Luiz meu abraço carinhoso e que ele tenha muita saude e paz. Para voçe meu abraço e beijo no coração da T.

Akemi disse...

Terezinha, já estava a sentir sua falta! Muito obrigada pelas palavras de carinho de sempre! Certamente uma pessoa iluminada como vc deve ter tido todo o suporte de pais e familiares com muito amor! Muito do que somos hoje é herança de pessoas e princípios que aprendemos lá atrás com nossos familiares! O abraço será dado e tenha vc tbm uma linda semana! Bjss

Vitor Hugo disse...

Akemi, morri de rir com a tirada do seu Djii-chan! Laranjas, ele acertou? :)

Alessandra Foletto disse...

Akemi
Parabens para o marido!!! e para tdos
Adorei o bolo ficou muito bonito e devia estar delicioso. Este é dificil de eu fazer pq o marido não come banana, mas me deu vontade.
bjos
Ale

Mariana e Isabela disse...

Incrível, mal posso esperar para testá-lo!

moranguita disse...

muisto aparabens para o teu marido ja vao atrasaditos mas pronto
o bolo ficou um espectáculo
esta divinal
beijinhos

Simone Izumi disse...

Ake, ficou maravilhosa a torta. Vc eh muito talentosa menina!!
Parabéns a tudo e a todos! Que post mais feliz!!:)
bjao
si

Rafaella M Melo disse...

Oi Akemi!
Eu adoro suas receitas, sempre que posso testo uma ou outra e o resultado é fantástico.
Sobre o bolo estou com uma dúvida, aqui na minha cidade o creme de leite fresco é nata, li em um post que você também usa nata, gostaria de saber se mesmo nos bolos de festa com cobertura de chantily a nata fica com a aparência igual e consistência do creme de leite fresco. Se puder me ajudar agradeço. Beijosss

Akemi disse...

Rafaella, muito obrigada pelos elogios! Sobre a nata, eu uso nas coberturas sim, o único cuidado é na hora de bater. Bata apenas até começar a formar picos moles para cobrir. Para fazer trabalhos com bico, bata só um pouquinho a mais. Como a nata tem mais gordura, um pouquinho a mais que vc bate já deixa um gosto mais forte. Quanto a coloração só se vc tiver a sorte de comprar nata bem fresquinha, aí fica bem clarinho. Mas as natas já com um certo tempo, além de serem mais duras ficam bem amareladas. Se quiser uma cobertura branquinha, só com o chantilly industrial mesmo, tipo amélia, bunge, etc...
Espero ter ajudado, qualquer coisa volte a perguntar! Abcs

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails