terça-feira, julho 07, 2009

Este frio que vai e volta....


Tenho mais uma confissão a fazer: sou uma ladra de cobertas! Já levei muita bronca de colegas de quarto e do Luiz também por ter esta mania terrível! Me mexo demais a noite e acabo ficando descoberta. Devo sentir frio e a egoísta aqui começa a puxar as cobertas alheias. Lá no Japão, os quartos eram minúsculos e dormíamos no tatami uma do lado da outra e por causa disto, já travei cabos de guerra noturnos com minhas colegas de quarto, elas puxando de um lado o próprio cobertor e eu, dormindo(!!!!), puxando de cá pensando ser meu! rssss

Com o Luiz foi a mesma coisa, mesmo dormindo lado a lado cada um tinha sua própria coberta e futom e apesar disso eu ainda conseguia dar um jeito de chutar as minhas e puxar o dele. Agora imaginem como ficou depois que voltamos e tivemos que nos readaptar em dormir numa cama e de casal??? Nas primeiras noites a principal preocupação era em não cair durante o sono! rsss A outra é voltar a compartilhar civilizadamente o cobertor de casal nestas noites friazinhas. Um pedaço de pano que teoricamente deveria servir para duas pessoas mas "inexplicavelmente" de manhã ou está no chão ou enrolado todo em mim! Pobre Luiz!!!

Bom, enrolei, enrolei e o que queria mesmo falar era do tal friozinho de São Paulo, uma leve brisa de outono se comparado aos invernos japoneses, mas que inspiram a chocolate quente e sopinhas substanciosas e quentes para se aquecer!

Fiz um caldinho verde no final de semana usando umas batatas de casca vermelha que cozidas ficam amarelinhas e obtive um caldo grosso e delicioso! A receita fiz baseada nesta aqui:

5 batatas médias
2 mandioquinnhas (batata barôa)
1 cenoura
1 tomate grande
1 cebola grande
2 dentes de alho
2 cubos de caldo de galinha ou vegetais
1 pacote de linguiça calabreza defumada
2 colheres (sopa) de azeite
cerca de 5 folhas de couve-manteiga picada em tirinhas
água quanto baste
sal e pimenta a gosto

Descasque e pique as batatas, mandioquinhas e cenoura.
Na panela de pressão, refogue os dentes de alho e cebola no azeite e deixe murchar. Junte o tomate picado e deixe desfazer. Acrescente os legumes picados e cubra com água suficiente. Deixe abrir fervura e coloque os cubos de caldo. Mexa bem para dissolver e tampe a panela. Deixe cozinhar por 5 ou 7 minutos depois que começar a chiar. Resfrie e abra a panela. Deixe amornar um pouco antes de bater no liquidificador.
Enquanto isso, tire a pele da linguiça e corte em rodelas. Coloque numa frigideira com um fiozinho de óleo e leve ao fogo forte. Dê apenas uma sapecada nelas, jogo rápido só para dar uma leve corada nas rodelas. Bata o caldo de batatas no liquidificador até ficar um creme. Devolva para a panela junto com as linguiças. Se estiver muito grosso, acrescente mais água. Deixe voltar a ferver, acerte o sal e junte a couve picada. Deixe só o tempo da cor da couve mudar para um verde forte e vivo e sirva em seguida com torradinhas! Se quiser, polvilhe queijo ralado e uns pinguinhos de molho de pimenta vermelha! ;-)

25 comentários:

Babette disse...

Com esse friozinho um caldinho à noite é certeza cai bem demais. O seu está com uma cara ótima. Um beijo, Babette.

Anette disse...

história engraçada a das cobertas...

O seu caldinho ficou com um aspecto óptimo!

Beijinho

risonha disse...

sopinha típicamente portuguesa.. o meu marido adora!

Odete disse...

Caldo verde em noites frias eh sempre uma boa pedida. Felizmente aqui agora esta um calor dos bons :>)

Luciana Macêdo disse...

É um dos caldos preferidos na roda de amigos. Nesta época basta marcar um encontro para o prato ser Caldo Verde.
Bjs!

Verena disse...

Akemi,
adorei sua versão do caldo verde!!!
Um beijo!

Verena disse...

Akemi,
adorei sua versão do caldo verde!!!
Um beijo!

ameixa seca disse...

Aqui estamos no Verão mas já tivemos dias bem frios e chuvosos. Uma sopinha quente até sabe muito bem :)

Simone Izumi disse...

Dear ake...sabe que quase te liguei hoje? No segundo seguinte ao pensamento já estava toda melecada de chocolate e uma coisa puxou a outra...e enfim, só agora consegui parar tudo e apreciar essa bela sopinha.
Ake, eu sou uma dessas ladrazinhas de cobertores também. Sabe como faço? Dois edredons de solteiro em uma cama de casal!rs
bjocas,
si

Anônimo disse...

Akemi,
Eu tb sou ladra de cobertpres! aquie m casa eh um pra cada um! rs....eu adoro caldos, sopas, mas o maridao, eh dificil!
bj
Mari chan

Ana disse...

Adoro caldo verde! Mas o meu tem q ser sem linguica.... eh eu sei, nao eh mais caldo verde ne?! rs!
Quanto a historia da coberta, aqui em casa a vitima sou eu, o marido eh quem puxa tudo!
Akemi, to indo p/ o Brasil, chego ai no final de semana, sera q daria p/ a gente se encontrar um dia??? Me manda um e-mail!
Beijos!
Ana

dannah5 disse...

Primeiro esse caldo verde esta muito apetitoso, que coisa boa pra esse inverno meia boca do Brasil!Hehe e outra, olha, pior do q ladra de cobertas era a minha irma, pés de perereca. Eu ate tolero o cabo de guerra na boa, mas ela pegar aqueles pés de defunto e esquentar nas minhas pernas quentinhas, nossa isso era horrivel! E o susto? hehe

O marido dela eh um santo! hehe

beijocas

Akemi disse...

Babette, obrigada!

Anette, pois eh, estava pensando em frio e me veio esta lembranca dos roubos da coberta! rss

Risonha, eh uma das minhas sopas favoritas tambem! Mas pelo menos aqui no Brasil tenho condicoes de encontrar uma boa linguica ou paio! Esta ficou com sabor infinitamente melhor do que as que eu costumava fazer no Japao!

Odete, com calor nem da para pensar em sopas! So praia e sorvetes ne! Aproveite por mim!

Luciana, coisa boa compartilhar refeicoes com amigos! Esta eh realmente uma otima pedida!

Verena, obrigada!

Ameixa, acredita que estes dois ultimos dias tem feito um calor do cao durante o dia? Vai entender tempo em Sao Paulo! rss

Si, acho que vou ter que adotar esta ideia, antes que alguem acabe pegando gripe! rss

Mari-chan, aqui com o Luiz eh a mesma coisa, sopa nao enche barriga para ele! rss

Ana, estou te aguardando para enfim nos conhecer! Boa viagem amiga!

Danna, morri de rir com os pes de perereca! Agora ria mais ainda vc, eu tambem tenho pes de perereca! kkkkk Maridao nao me aguenta no frio! Tenho que dormir de meia, que vergonha!!!! X-0

Minha vida, minha cozinha. disse...

Akemi por aqui onde moro é impossível roubar cobertas porque é calor o ano todo rsrs.
Mas mesmo no calor eu faço mil caldos e sopinhas. A sua está com um aspecto ótimo.

Cláudia Paulino disse...

Hum... adooooro caldos !!! Delícia de receita, vou fazer. Depois passa lá no meu blog que sempre tem receitinhas... inclusive semana passada postei uma receita de caldo de abóbora que é deliciosa... Beijos

kaka disse...

OI Akemi!
Menina..Tá friozinho aqui no sul tb!!
Acompanho teu blogg já faz algum tempo e adoro!
Me diz uma coisa?Tu usaste a batata- doce ou a batata rosa ( é uma batata inglesa só que rosa)?
Grande beijo
Kaká

Maraisa disse...

Olá Akemi! Passei pr aqui e adorei seu blog! Estou começando a trabalhar com doces, abrindo um negocinho e já peguei várias dicas pr aqui!!! Estou te seguindo! Beijoss

Donna Dani disse...

Akemi, queridona qto tempo! Ando tão sem tempo por causa do meu new baby, mas vim dar um oi. Hj o maridão assumiu o pequeno ufa!
Que delícia de receita.
Bjks

Monica disse...

Olá, sempre gostei de caldo verde, mas não tinha a receita. Fiz ontem e ficou muito bom!
[ ], Monica.

Marcia Rosa disse...

Akemi, adoro caldos...experimente tbém de alho poró, ou couve flor com cogumelos paris (este não precisa batatas, só um pouquinho de creme de leite no final / outro segredinho:refogar tudo em azeite antes de colocar agua)Uso sempre os mesmos temperos:cebola, alho, alho poró...E o tem tbém o de cebolas gratinado com gruyére e pão italiano...humm se deixar fico falando de caldos a noite inteira!...
bjs

Piell Rouse disse...

Akemi,
prazer em te conhecer!!
já estou admirando o teu cantinho feito com tanto carinho!! gostei muito e já estou na tua lista de seguidora!!
sou apreciadora da boa comida e adoro inventar. Também tenho um blog eu adoro compartilhar e aprender receitas velhas e novas !!!vou sempre sar um pulo por aqui.
beijos
e uma ótima semana
vai me visitar!
sobre o caldo verde parece delicioso!! e as cobertas ... bjs

Goreti disse...

Adoro,adoro,adoro...e nesse friozinho...brrrrrrrrr...vai muito bem.
Nossa essa mandioquinha deve ter sido o show!

Beijos!!!

Cris disse...

Entendo perfeitamente o problema do Luiz... também sou vítima do meu marido:-) Ah este frio maluco mesmo, eu amo esta sopa!!! Faço até com sobras de purê do almoço, é claro que já faço purê com segundas intenções para facilitar o jantar :-) Beijos!

Paula Pacheco disse...

Adoro caldo verde, fazemos sempre em casa...ainda mais porque tenho uma horta com um monte de couve-manteiga, os pés mais antigos parecem umas arvores e o meu pai não deixa cortá-los...ele replanta mas não "mata" as antigas...que coisa...mas sempre é uma boa pedida.

Bjs,
Paula

Michele disse...

Que delícia de receita! Parabéns pelo blog!
Quando tiver uma oportunidade, entre em nosso blog, o Blog da Redação! No portal do Gastronomia & Negócios há várias receitas ótimas e muitas novidades!!!
Até mais!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails