terça-feira, julho 01, 2008

Receita da leitora


Recebi ontem um mail muito gentil de uma leitora, a Vilma S., com uma receita de bolo de kinako com bananas. Por coincidência estava com umas bananas no ponto para serem usadas e bati este bolinho hoje. Achei que ela se esqueceu de colocar a farinha de trigo na receita mas só leva kinako mesmo e deu certinho. Fiz algumas reduções nos ingredientes e usei batedeira ao invés de liquidificador e consegui um bolo bem fofinho e úmido. Espero que a Vilma não fique brava comigo! Eu já disse que não sou fã de kinako mas as bananas e o toque de canela em pó complementaram bem o bolo e já comi duas fatias! ;-p

A receita original é:

2 ovos
1 xícara de açúcar
1 xícara de kinako
1/2 xícara de óleo
1/2 xícara de leite
1 colher (sopa) rasa de fermento em pó

Bater tudo no liquidificador, despejar a massa em forma untada e espalhar fatias de banana por cima. Levar para assar e depois polvilhar com açúcar e canela.

A minha versão:

* xícara de 200ml

2 ovos grandes
1/2 xícara de brown sugar
1 xícara de kinako
50ml de óleo
3 colheres (sopa) de leite
1 colher (chá) de fermento em pó
2 bananas nanicas

Untar uma forma de 18cm.
Pré-aquecer o forno a 170oC.
Peneirar o kinako com o fermento em pó.
Misture o leite com o óleo.

Bater os ovos com o açúcar até formar um creme fofo e esbranquiçado. Peneirar o kinako novamente sobre o creme e misturar delicadamente com espátula. Junte o leite com o óleo e termine de misturar. Despeje a massa na forma e cubra com rodelas de bananas. Não corte muito grosso porque elas vão afundar. Leve para assar por 40 minutos. Faça o teste do palito. Espere amornar para desenformar e polvilhe açúcar de confeiteiro e canela em pó.

* kinako é a farinha de soja integral torrada!

8 comentários:

Patricia Scarpin disse...

Parece super fofinho, Clarice!

ameixa seca disse...

Não conheço essa farinha... mas ficou com óptimo aspecto :)

risonha disse...

vivendo e aprendendo!!! não fazia ideia do que era kinako, mas só sei dizer que esse bolo ficou lindo.

lunalestrie disse...

Akemi, estou com um pacote desta farinha aqui em casa, mas ainda bem que você "traduziu", pois eu nunca ia saber. Infelizmente não conheço nada da culinária japonesa, presto atenção quando você mostra alguma coisa, mas não entendo nada mesmo, rs! Acho que por ser alérgica a frutos do mar e não gostar de sushi acabo me afastando um pouco, mas aos poucos quero entender mais e teu blog é o primeiro passo! Beijos!

Axly disse...

Uau Sensei, esse bolo deve ter ficado divino... nunca comi kinako, mas imagino que deva ser saboroso.
Fiquei curiosa^^
Kisss, ja ne!

Anônimo disse...

OI Clarice, eu tbm não sou muito fã, comi um pão feito por uma colega, e não gostei muito, mas esse bolo está com um aparçencia incrível, e o fato de vc ter comido 2 fatias´, já diz que deve estar bom.
beijos.
Andrea

Akemi disse...

Pat, ficou, sim!

Ameixa, obrigada!

Risonha, e eu junto com vcs, minhas amigas portuguesas!

Luna, eu também não conheço nem metade dos ingredientes e comidas daqui mas vamos aprendendo juntas!
Mas fiquei pensando, como esse saquinho de kinako foi aparecer ai??? rss

Axly, lembra um bolo de amendoim!

Andréa, depois do bolo pronto, imaginei outra versão dele usando bananas amassadas e a canela na massa, acho que deve ficar melhor ainda! Mas o resultado deste ficou bem interessante!

Sandro Rones disse...

Caríssimos:
A receita é maravilhosa, a segunda versão, melhor ainda. Só achei o 'Brown Sugar' meio pedante..... nosso idioma é lindo!!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails