segunda-feira, setembro 24, 2007

Comidinhas do dia-a-dia: segredo nosso


Antes de tudo muito obrigada mais uma vez a todas as participantes dos eventos anteriores, carne de panela e sobras. Tem sido ótimo descobrir tantas dicas e segredos culinários com vocês! Tenho certeza de que muitas de vocês deram um "upgrade" na misturinha de todos os dias, oferendo pratos mais saborosos e saudáveis a família! Eu pelo menos já incorporei muitas coisas que vocês gentilmente têm compartilhado conosco! ;-)
Fiquei a pensar estas semanas num novo evento e consultei a Cris. Super atenciosa, ela me deu a maior força e ainda ofereceu alguns links para consulta, que passarei adiante para vocês.
Há alguns meses vi um programa sobre alimentos que a maioria das crianças detestam e não comem de maneira alguma. Os primeiros colocados foram: natô (soja fermentada ou "feijão podre" como alguns chamam), beringela e pimentão. Três convidados, um chef de restaurante, uma artista com dotes culinários e uma dona-de-casa tiveram que criar pratos que incluíssem estes alimentos odiados pelos pequenos. Quem conseguisse o maior índice de aprovação, ganharia o desafio.
Foram feitos croquetes e galetes de natô (disseram que refogar esta soja fermentada tira o cheiro e a gosma), minestrone, uma surpreendente sobremesa com camadas de beringelas carameladas recheadas com creme (acho que não ficou lá muito saudável, mas a garotada adorou), entre outros pratos que já não me recordo mais.
Achei que esta seria uma boa oportunidade para que vocês dividissem conosco o que fazem quando seus pequenos ou seus barbudos (rss) não gostam de determinados alimentos. Podemos fazer a maior propaganda deles, do quanto são saudáveis e saborosos, que não tem jeito. Sobra tudo no prato tão logo os ingredientes odiados são localizados na comida ou pior, nem comem!
Eu tinha uma grande dificuldade em comer folhas e legumes amargos. Natô nem pensar! Chuchu era a coisa mais sem graça e o gosto da cenoura era terrível para mim! Hoje, vocês que acompanham o Pecado já perceberam que traço tudo isso e digo que adoro estes alimentos. Não consigo me lembrar de algum outro legume ou verdura que não coma, apenas pimentão por ser indigesto para mim. Adoro seu gosto na comida mas não dá mesmo, já experimentei tirar os fiapos brancos de dentro mas lembro dele o dia inteiro quando o como.
Sendo assim, lembrei que o tofu é uma comida que muitos não-descendentes têm dificuldade em gostar pelo seu sabor de soja. Bom, pelo menos não conheço ainda um descendente de japoneses que não goste de tofu! rsss Tem alguém aí???
Dando uma olhada nos links que a Cris enviou, encontrei esta cassarola de macarrão e tofu que ficou danado de gostoso! Fiz apenas algumas modificações nas quantidades e por isso o creme ficou mais claro que a foto da receita original. Mesmo assim, o sabor ficou ótimo e realmente não dá para perceber nenhum gosto de tofu. Acho que dá para variar com outros tipos de queijos e verduras, um frango desfiado ou camarões também devem ficar muito bons.
Se vocês quiserem dar uma consultada, os links (em inglês) são estes:

1. Cookie
2. Food Network
3. Msn - lifestyle

De quebra, a Cris ainda me ensinou que a expressão em inglês para esse "truque" que fazemos para camuflar alguns ingredientes na comida é "sneaking in veggies" ou "sneak it in". Legal, não?

Escolhi o tofu como sugestão, mas pode ser usado QUALQUER INGREDIENTE que alguém da sua família não goste, como bem perguntou a Elvira!

Ficarei aguardando a participação de vocês! Fico a imaginar a mágica que vocês fazem na sua casa. Conte-nos, será um segredo só nosso! ;-)



Cassarola de macarrão e tofu

Dá de 4 a 6 porções, dependendo da fome

Para o molho de tomates:

3 colheres (sopa) de azeite
2 dentes de alho picadinhos
1 cebola média picada
1 lata de tomates pelados picados (400g)
50ml de vinho branco seco
sal e pimenta do reino
orégano a gosto

Para o creme de tofu:

1 tofu do tipo firme (usei Momen - 450g)
1 ovo grande
sal e pimenta do reino
uma pitada de noz moscada

250g de macarrão (rigatone, penne, parafuso...) cozido al dente e escorrido

1 maço de espinafre cozido e picado

queijo mussarela (fresca de preferência)
queijo parmesão ralado
salsinha picada

Para o molho de tomates, refogue o alho no azeite. Junte a cebola e deixe até ficar murcha e transparente. Junte os tomates, o vinho e tempere com sal, pimenta e orégano. Tampe e deixe cozinhando por 15 minutos em fogo baixo, mexendo de vez enquando.

Bata no liquidificador o tofu escorrido e picado junto com o ovo, sal, pimenta e noz moscada. Bata até ficar homogêneo. Despeje numa vasilha grande. Acrescente o espinafre, o molho de tomates, o macarrão e os queijos na quantidade que preferir. Misture tudo muito bem e despeje num refratário untado com azeite. Polvilhe salsinha picada. Leve ao forno preaquecido a 180oC por 35 a 40 minutos ou até que fique dourado. Espere 10 minutos para cortar. Aqui os mortos-de-fome atacaram imediatamente, fica um creme delicioso!!!

27 comentários:

M.Cesar disse...

Toda vez que entro no seu blog eu penso: Dietaaaa é o escambaaaauuu!!!
Vou me poupar desses prazeres?? Nuuunca!!

Fernanda Lorenzi disse...

Ameiii
parabéns pelo blog, será muito útil pra mim!
ah, não vi por aqui molho pesto, vc gosta? nada de japonês né hehehe
beijo!

Nina disse...

Em casa, fico tentando novas receitas com tofu. tive um bom resultado no cheesecake.
bjo.

Elvira disse...

Não tenho filhos, mas o maridão é bem criança no que toca à comidas...!! ;-D

Deve ser com tofu, ou podemos optar por qualquer outra coisa que crianças (e maridos) normalmente não gostam...?

Beijos.

Cris disse...

Oi Akemi! Achei ótima esta receita! Sabe que depois que conversamos fiquei toda empolgada, procurando receitas, e pensando nas possibilidades de camuflar legumes e verduras. De vez em quando eu bato legumes e acrescento ao feijão. Eles nem percebem, tempero bem, as vezes coloco cominho e eles dizem que é feijão mexicano. Um beijão!

Márcia disse...

Ai, comadre... E qdo o problema é extamente a pessoa q faz a comida não gostar das verduras, hein?
Este é o meu caso, e me identifiquei total com a sua descrição dos chatonildos!!!
kkkkkkkkk
Ainda bem q sou uma chata consciente...
Bjos!

Cláudia disse...

Eu gosto de verduras, meu marido tb, só o pimentão que também é indigesto para ele. Agora, minha filha mais velha (12) come de tudo com moderação. É uma verdadeira gourmet. A mais nova (9) está no caminho, gosta de algumas comidas japonesas e orientais, adora shoyo, mas verduras ainda está longe do ideal. Não tenho nem idéia do que fazer. Dou o exemplo em primerio lugar, e as vezes faço uma chantagem (das mais tradicionais possíveis) que vcs já devem saber (heheh)

bjs

Lu disse...

Aqui em casa tenho um problemão com meu filho,que não come frutas :(.A única que ele ainda come é maçã!
No verão até engano ele um pouco fazendo mil-shake de banana(fruta que ele não pode nem sentir o cheiro),mas o restante das frutas ele não come nem com reza!
Quando quero que coma alguma verdura que ele não gosta faço cozido de carne com legumes,ai pico tudo bem pequeno rss.
Vou experimentar essa receita do tofu,só fico em duvida quando se pede vinho branco na receita,nunca sei qual o vinho comprar :P
Bjss mil!!

Letrícia disse...

Você pediu e eu vou confessar: sou descendente de japoneses (por parte de pai) e NÃO GOSTO DE TOFU! Que vergonha! A textura não me agrada, a (falta de) sabor também não... é uma tristeza.

Aliás, sou uma sansei bem falsificada: não sou muito fã de natô, doce de feijão e wasabi. Só tomo missoshiru feito por uma irmã do meu pai porque ela peneira o caldo (eu engasgo fácil, fácil); sofro para tomar ozoni na entrada do ano novo porque fico asfixiada com o mochi dentro dela.

Pronto, desabafei. Será que eu tenho cura? ;-)

nova biju disse...

oi!
bem a tua comida tem tão bom aspecto que eu tava a ver as figuras e as receitas e tava a crescer-me água na boca=)
ja agora convido-te a visitares o meu cantinho, espero a tua visita!
bjs
rute, nova biju

Sheila disse...

Eita!
Como não tenho filhos e o marido é um avestruz, não sei como poderia participar...

vou pensar aqui e qualquer coisa posto no blog =)
mas lá em casa o problema sou eu mesmo, aí, não tem como ME enganar, rsrsrsrs

Laurinha disse...

Akemi querida, legumes são um problema em casa, bem os legumes não, os consumidores mirins!
Então, sempre que faço um franço, ou uma carne de panela, cozinho os legumes junto, a partir da água fria, pois os extratos ficam na água e se incorporam na carne e no frango. E no risoto tb, faço um de frango com cenoura, que eles até já se acostumaram, pois sempre disse que era só tempero... bem truques comecei a inventar desde que a minha filha era pequena, era uma tristeza para comer, num comia nada, nem vento...
OK, começarei pelo risoto.
Beijinhos,

Dinha disse...

Hummm, estou eu a pensar no que fazer, cozinhar para duas pessoas e que têm o mesmo paladar é difícil, o problema também sou eu, e como a nossa amiga Sheila já disse, não tem como enganar a mim mesma ;), mais vamos a receita, aguarde. Abraços.

Eliana Scaramal disse...

Akemi amei o desafio, vai pintar tanta coisa legal!! Ja estou pensando como vou participar. :)

valentina disse...

Que idéia genial clarice.

laila disse...

adorei o tema Clarice...mto sabiamente escolhido..e essa cassarola q coisa! mto boa! bjos

bia disse...

gostei deste tema, vai ser um desafio para mim pq eu nunca tento disfarçar as coisas que meu filhote nao gosta, mas ja fiz ele comer o tofu com chocolate e ele adorou. Acho que ele vai gostar tb desta cassarola, pelo menos eu vou adorar ! bj

Mirian disse...

Oi Akemiiiiiiii!!!
Aqui meu filho mais novo é o mais enjoado..não come feijão,nem ancô, nem sekihan..mas come natô..rsrsrss
De verduras e legumes não reclamam de jeito nenhum!Tenho de ter saladas todos os dias..rs..
Bom o pimentão é excessão mesmo..é indigesto,mas a páprica tem o sabor mais leve.
Bjosssssssssssss!!!
Seu blog me dá uma fome!!!nham!!:)

Ana disse...

Uhhh, parece muito bom esse seu casserole Akemi, gostei!!! yummm!!!
Aqui em casa gracas a Deus nao tenho problemas com o Matheus, ele come de tudo (e eh tudo meeeesmo!), acho q meu "picky eater" eh meu marido! hehe!!
Tofu so escondido mesmo, e as vezes ate os legumes eu tbem disfarco!
Coisas q adoro e q levam legumes fora do tradicional: "zucchini bread" (muito bom, todo mundo aqui em casa ama!), molho de tomates com abobrinha e cenouras raladas do meio (depois passo tudo no liquidificador), almondegas de peru com cenoura e abobrinha raladinhas misturadas (essa tbem adoramos!), ixi, acho q tenho varias receitinhas q leva legumes, e ufa, todo mundo gosta por aqui!
Vou postar la no blog a receita das almondegas e depois te passo o link! (mesmo estando em ingles tudo bem Clarice?)
Vc ja assistiu o filme "Ratatouille" Clarice? Se sim, de uma olhadinha la no blog, postei a receitinha que o rato faz no filme, eh muuuito boa!
Beijao p/ vc!!
Ana

colher-de-pau disse...

Optima sugestão... A ver se desta participo!

Slow Food disse...

*gentileza divulgar

Está no ar a programação do Espaço Gourmet Slow Food durante o Terra Madre Brasil: clique e confira

Akemi disse...

M. Cesar, morri de rir aqui com seu comentário! rsss
Obrigada pelas visitas, volte sempre! Vamos combinar, dieta só na segunda! ;-)

Fernanda, adoro molho pesto, sim! Tem uma receitinha em que uso num peixe com crosta de ervas, dê uma olhada no índice de receitas lááááá em baixo, pratos salgados! Bjs

Nina, suas receitas com tofu serão super bem vindas! Já fiquei curiosa com seu cheesecake!

Elvira, obrigada por atentar a este detalhe dos ingredientes. Relendo meu post realmente ficou com a impressão de que era só tofu mas pode ser qualquer ingrediente, sim!

Cris, obrigada pela força, amiga! Esse seu feijão mexicano parece delicioso, que legumes vc costuma colocar???

Márcia, agora complicou! rss Que tal vc dizer qual o ingrediente (ou ingredientes) que não gosta? De repente alguém dá uma boa sugestão! ;-)

Cláudia, parabéns pela família, amiga! Penso como vc, acho que o exemplo deve sempre partir dos pais!

Lu, mas seu filhote não gosta nem de morango??? Nossa, conheço pessoas que não comem fruta por preguiça de descascar, etc... mas não gostar de jeito nenhum deve ser dureza mesmo! Ainda bem que vc dá um jeitinho de "enganar" o filhote! ;-)
Depois me fala o que achou da cassarola, onegai! O vinho costumo comprar o seco, karakuchi (辛口). Vem escrito no rótulo, dê uma olhada na próxima vez que for ao mercado!

Lê, também não pude deixar de rir com seu comentário! rsss
Acho que vc não está sozinha porque tem uma leitora, a Marcia, que também se acha japonesa fajuta. Fora que conheço muitos japoneses aqui que também não gostam de muitas comidas típicas, espero que sirva de consolo! rssss
Mas adoraria sua participação neste evento, não precisa ser tofu não, tá! ;-)

Rute, muito obrigada pela visita! Claro que darei uma passadinha no seu cantinho! Bjs

Sheila, acho que então vai ser o maridão que terá que preparar alguma coisa para vc! rss

Laurinha, já fiquei de olho comprido neste seu risoto, amiga! Aguardarei sua receitinha!

Dinha, estarei aguardando sua receita, amiga!

Eliana, tenho certeza de que sua receita vai ser maravilhosa, amiga! Obrigada pela força sempre!

Valentina, obrigada, amiga!


Laila, obrigada! Bjs

Bia, mas quando você oferece alguma coisa que seu filho não gosta, sem disfarces, ele come?

Mirian, que bom que sua patotinha gosta de salada! E natô também é super saudável, tá certo seu filhote! Bjsss

Ana, vc acredita que ainda não vi este filme? Estou louca para assistir depois de tantos comentários pelos blogs! E esses pratos todos super deliciosos vou querer conferir, sim! Não faz mal que seja em inglês, amiga! Vou adorar sua participação!

Beijos a todas!!!

Flavinha disse...

Akemi
Aqui em casa meu filho não come nenhum vegetal. Uso tudo em sopas, batidas no liquidificador que é o único jeito de fazâ-lo comer. O mesmo para frutas que transformo em vitaminas.
Não gosto de fazer assim, mas infelizmente é o punico jeito. Se ele acha um pedacinho por menos que seja ele não come... até a casca do feijão, da lentilha, ele quer que eu tire hahahaha fala sério
Bjs

Katia Mine disse...

Akemi,
Adorei essa sua idéia, tenho um filho pequeno e agora está numa fase de querer as coisas e separar a comida.
gostaria de participar, mas não sei como lhe enviar a receita.
Eu tbem tenho um blog, é só eu colocar lá e te avisar?
como faço?
bjus

Elvira disse...

Querida Clarice, aqui fica a minha participação:

http://elvirabistrot.blogspot.com/2007/10/hambrgueres-de-soja-e-mozzarella.html

Beijos.

Bete disse...

Oi Akemi! Cheguei até aqui pelo blog da minha amiga Elvira. Achei muito legal e gostei muito da sua idéia.
Aqui em casa o pessoal tinha um quezinho com a soja que foi resolvido fervendo a soja antes de cozinhar com gotas de limão que é pra tirar aquele cheirinho.Uso muito em saladas com frango e atum.
Parabéns pelo blog e pela idéia.
Bjs!!!

Aline Neme disse...

Colegas,

Adorei o blog... já escrvi isso hoje, e resolvi contibuir!!!!

http://moquecacompimenta.blogspot.com/2007/10/coxinha-integral.html

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails