sábado, maio 07, 2011

Feliz Dia das Mães!


Acabei de conversar com minha mãe pelo telefone. A situação está bastante difícil por lá por causa das consequências do terremoto/tsunami de março. Pouco movimento na loja de produtos brasileiros onde trabalha, quem está desempregado não encontra serviço, quem está empregado está trabalhando com horas reduzidas. Pedi mais uma vez para ela voltar logo para o Brasil, mas desconversou como sempre. Meu irmão caçula ainda está por lá e desde sempre foi o xodó dela então acho difícil ela retornar se este irmão não vir junto. Acho que os filhos são assim, podem ter 30, 40, 60 anos que serão sempre suas crianças que precisam ser protegidas. Às vezes discutia com minha mãe para deixar este caçula dar suas cabeçadas mas ela apenas respondia que só no dia em que eu for mãe eu vou entender este sentimento. Infelizmente a maternidade não me aconteceu e continuo não entendendo, mas enfim só me resta ficar aqui rezando todos os dias para que ela se mantenha com saúde e que o nosso reencontro seja num futuro não muito distante.
Foi pensando nela que decidi encarar este pão. Simples nos ingredientes mas trabalhoso na sua montagem. Fiquei feito cachorro em frente da máquina de assar frango depois que coloquei o pão para assar. E a ansiedade para cortar e ver se tinha uma flor lá dentro? Mal continha a ansiedade na hora de cortar a primeira fatia! Fiquei feliz feito criança que ganha sua primeira barra de chocolate! Sim, havia uma rosa! Aliás, várias delas conforme ia fatiando que formaram um lindo jardim de pão! E seria assim que gostaria de presentear minha mãe no café da manhã se ela aqui estivesse.

300g de farinha de trigo
4g de fermento seco para pão
4g de sal
30g de açúcar
30g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
1 gema de ovo extra (23g)
200ml de leite morno
corante alimentício em gel rosa e verde

Prepare a massa conforme está acostumada. Eu preparo do meu jeito que é dividir a farinha em duas vasilhas. Numa eu acrescento o sal e a manteiga por retardarem a fermentação. Na outra, o fermento, ao seu lado o açúcar e num canto separado a gema, Despeje o leite morno sobre o fermento e misturo até formar uma pasta. Mexo vigorosamente até começar a levantar bolhas e ficar gosmenta, pegajosa (atenção, a quantidade de leite pode alterar conforme marca, umidade do ar... então coloque aos poucos até ficar uma espécie de creme. Se ficar muito dura, coloque mais leite. Se ficar líquida, adicione mais farinha). Incorpore os ingredientes da outra vasilha e misture com cuidado até a farinha ser incorporada. Quando se formar uma bola, jogue a massa na mesa e comece a sovar. Sove só até os ingredientes (principalmente a manteiga) se incorporarem na massa. Depois separe 1/4 da massa e do que restou, tire 1/6 da massa.
Deixe estas duas porções cobertas com pano de prato molhado e bem torcido ou plástico para que não ressequem.
Termine de sovar a maior parte da massa até que fique lisa e homogênea. Embrulhe bem frouxo num saco plástico e reserve na vasilha. Pegue a bolinha maior que deixou reservada e pingue algumas gotas de corante rosa (usei umas 4 gotas) no meio. Feche como coxinha e comece a sovar até que fique colorida por inteiro. No começo fica bem estranho, parece que não vai penetrar na massa mas conforme vai sovando ela se incorpora. Embrulhe frouxo em outro plástico e deixe junto com a massa branca na vasilha. Pegue a bola menor e pingue algumas gotas do corante verde (usei 2 gotas) e sove da mesma maneira até ficar colorida por igual. Embrulhe frouxo também e coloque na vasilha junto com o resto das massas.
Deixe fermentar por 40 a 60 minutos até dobrar de volume.
Tire cada uma do plástico e dê alguns soquinhos na superfície para tirar o gás acumulado. Modele numa bola novamente e deixe descansar mais 10 minutos coberto com pano de prato úmido.
Enquanto isso, unte bem uma forma de pão ou bolo inglês de 22x12cm.
Agora vem a parte trabalhosa. Tentei tirar fotos mas como fiz à noite ficaram horríveis, por isso tentarei explicar o mais detalhado possível aqui e para tentar visualizar, olhe aqui de onde tirei a receita.

Abra a massa verde num retângulo de 12x5cm e corte ao meio no sentido do comprimento. Reserve coberto com plástico ou pano úmido.

Abra a massa rosa num quadrado de 12x12cm e corte 2 tiras de 1cm, 2 tiras de 1.5cm e 2 tiras de 3cm. Reserve coberto com plástico ou pano úmido.

Abra uma parte da massa branca, cerca de metade apenas, numa largura de 12cm com espessura de 1cm mais ou menos. Corte 2 tiras de 7mm, 4 tiras de 1cm e 2 tiras de 2cm.

O restante da massa branca, deixe reservado coberto com plástico ou pano úmido.

Montagem:

Massa verde - abrir com rolo a tira de 2cm da massa branca aumentando levemente a largura até que a tira da massa verde possa ser envolvida nela de modo que envolva até as laterais (a idéia é que fique como na foto 12 do passo a passo da receita original). Faça o mesmo com a outro tira verde e sobreponha uma massa na outra cerca de 1cm (foto 11) com as partes verdes voltadas para baixo. Reserve coberto. Depois de uma leve achatada no rolo para "fixar" as duas massas.

Massa rosa - da mesma maneira que a massa verde, as tiras de massa rosa de 1cm são cobertas com tiras de 7mm da massa branca e as tiras de 1.5cm e 2cm são cobertas com tiras de 1cm da massa branca. Passe o rolo levemente sobre cada rolinho de massa para achatar e "fixar" as duas massas.

Pegue os rolinhos da massa branca/rosa de 1cm e faça o miolo. A parte branca de uma em contado com a rosa do outro rolo, fazendo uma curva em C (foto 13). Pegue os rolinhos de 1.5cm e envolva o miolo, sempre rosa em contato com massa branca e vice versa. Termine com os rolinhos de 2cm fechando as pétalas da rosa. Vai formar um rolo de massa branca e rosa. Dê uma leve rolada na mesa para que fiquem bem juntinhos.
Coloque este rolo sobre a massa verde sobreposta e faça outro rocambole. Role novamente sobre a mesa. Se quiser, deixe enrolado em filme plástico para não perder o formato.
Abra a massa branca restante num retângulo de 20x15cm. Coloque o rolo da flor no meio da massa aberta e enrole como rocambole. Feche bem as pontas e coloque na forma com a parte verde voltada para baixo. Cubra com filme plástico, pano úmido e deixe descansar mais 30 ou 40 minutos até dobrar de volume.
Se quiser, pincele com gema e leve para assar em forno pré-aquecido a 190~200˚C por 30 a 35 minutos ou até estar bem dourado. Se queimar rápido, cubra com papel alumínio e deixe terminar de assar.
Deixe amornar sobre grelha e surpreenda-se ao cortar!
Cada fatia tem um formato diferente e você pode mudar as cores da sua rosa com outros corantes ou senão botar a imaginação e criatividade para funcionar e criar outros desenhos!
Ahh, a massa apesar de ser bem manuseada fica bem macia e fofinha! Só tenha o cuidado mesmo de deixar as massas sempre cobertas para evitar o ressecamento!


Um lindo e feliz dia das mães amanhã para todos!!! :)

23 comentários:

Belocas disse...

Que tabalho espectacular.
Ficou lindíssimo.
Bjs

Rachel disse...

Como sempre, uma receita de tirar o chapéu, Parabéns ficou lindo!


"Ter mãe é ter um tesouro de raríssimo valor. Não há jóia, não há ouro, que se iguale a tal valor".

Feliz Dia das Mães amiga, tenha um lindo domingo entre os seus!

Bjuss!!!

Turquezza disse...

Só você mesmo! És uma artista das boas! Parabéns!
Quanto à sua mamãe, conforme-se pois ela está viva, está relativamente bem lá com seu irmão, não está sòzinha.
Nós sofremos porque queremos todo mundo junto, mas a vida tem dessas coisas. E enquanto vivermos temos que respeitar. Você ainda tem ela para conversar, mesmo longe .....
Não se preocupe tanto, se ela não quer vir é porque lá ainda está bom. E se ela vier e ficar muito triste? Pois é, reze pela saúde e proteção deles lá. E cuide-se aqui.
Que Deus proteja a todos e que tenham felicidade no dia a dia.
Beijos querida. Bom domingo.

Trainee de Cozinheira disse...

Que lindo Akemi!! me emocionei com o que vc falou da sua mãe, é verdade as mães são difíceis de entender, precisam ser duras mas não conseguem eu sinto isso, acontece comigo, e o pior sei que estou errada, mas... bem agora esse pão nossaaaa!!! que homenagem linda!!!eu fiquei apaixonada mas quando vi o passo-a-passo entendi menos ainda, deve ter dado trabalho, mas valeu!, ontem fiz o seu pão Challat, adorei!! bjs
Maura

Tricia disse...

Isso só podia mesmo ser coisa de japonês!!!! rsss
O seu está muito mais bonito do que os do site!
parabéns!

Karen disse...

Imagino que seria bem mais tranquilo se a sua mãe estivesse por perto, mas fazer o quê, né? Acho que aí seria ela que não conseguiria ficar sossegada longe do seu irmão. :)

Lindo pão! Um abraço!

Ana disse...

Que pao mais L.I.N.D.O Akemi!!! Amei!!
Eu tbem estarei longe da minha mae... da uma saudade nessas horas ne?!
Parabens pelo seu carinho p/ sua mae, ela iria amar esse pao!
Bjs
Ana

Regina disse...

Querida Akemi,

Que linda homenagem e que emocionante tudo que escreveu sobre sua mamãe...

Parabéns, é muito bonito o seu coração... e tudo que vc prepara!!

Feliz Dia das Mães à todos!!

Beijos!!

elza akemi disse...

Oi Akemi,a cada dia vem com uma surpresa mais linda que a outra. Amei seu pão. É maaaaraaaavilhoso. Uma verdadeira obra de arte.Como sempre nos surpreendendo. Parabéns!
Bjs com muito carinho

Anônimo disse...

Akemi
Maravilha de pao!!!!!
Nunca vi nem imaginei nada igual,fiquei bikkuri...Simplesmente demais....
Bjos Mitie de Gunma

Fabiana disse...

Akemi,
Isso é uma verdadeira obra de arte...e que teste de paciênica, hein?
fui lá dar uma olhada no cookpad, nossa super complicado para a minha cabecinha..kkkkkk
Ficou lindo demais!
ah, hoje também falei com a minha mãe...que saudades!
Ela também não volta, pois minhas irmãs moram lá, inclusive a caçula.

beijos e um ótimo domingo
vou levar o pão para um dia super inspirador...

Novelo da Mitinha disse...

Ola,Akemi!!!
que pao mais lindo!!!
Nunca tinha visto um pao decorado como este.
Bjus da Norma de Toyohashi.

Valentina disse...

Clarice, que lindo pão. você é realmente tão primorosa. Espero que você e tua mãe se reunam num futuro nao distante.

Atelier dos Quitutes disse...

Akemi amei seus pães,sou padeira,tenho um blog sobre panificação,gostaria de lhe convidar a participar atelierdosquitutes.blogspot.com.Beijos!!!

gaby-chan disse...

sério..é de longe uma das coisas mais lindas que eu já vi kkk
quando eu vi antes de ler o post eu pensei que vocẽ simplismente tinha pintado de anilina mas ficou tão perfeito*-*
parabéns!

Cristina disse...

Ficou lindo seu pão!Parabéns pela homenagem à sua mãe, ela com certeza teria amado tê-lo no café da manhã!
Um abraço.

Marmita disse...

Ficaram lindos os tons.. adorei mesmo, parabéns ! um beijo

ENSAIOS disse...

Bom dia Sensei!!!Tudo bom?Que ótimo que vc falou com sua mãe,não tem preço essas oportunidades.
Então acho que vamos ter que marcar uma nova aula pra vc me ensinar a fazer essa belezoca de pão.Me aguarde que vamos marcar.
Bjus, Edna

Akemi disse...

Amigas, obrigada a todos pelos elogios! Realmente, vendo o passo-a-passo do site achei bem complicado mas o pão era tão bonito que resolvi arriscar. É preciso esquematizar numa folha para visualizar melhor e facilitar na hora de botar a mão na massa.
Edna, quando quiser marcar a aula, é só avisar!
Bjss a todas!!!

Letrícia disse...

Akemi, que luxo de pão! Parabéns, ficou muito lindo!

Beijos pra você e pra sua mãe. Rezo para que as coisas voltem aos eixos quanto antes :-)

Marcia Rosa disse...

Akemi, ficamos com o coração na mão com essa situação no Japão! também tenho sobrinhas e primos por lá...Espero que a mamãe volte logo. E que pão é esse? quanta criatividade!

bjss

Nadir disse...

Valeu a pena!!! em homenagem as maes, principalmente a sua, lindo trabalho, sou sua fa de carteirinha viu.
bjs

Killvyane disse...

Nossa, espetacular!!! Ficou muiiiiito lindo, qualquer mãe adoraria!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails