quarta-feira, maio 13, 2009

Apple pie


Nunca pensei que acentos e ce cedilha fossem tao importantes assim! Na verdade queria escrever torta de maca, a fruta, mas sem ce cedilha acaba-se pensando em ambulancia, hospital... quer dizer, coisas nada agradaveis e totalmente opostas a esta deliciosa sobremesa!

Macas sao frutas misteriosas. O dia que cismamos que queremos comer ou fazer algum bolo, cade que temos em casa? Outras vezes, compramos e ficam la amarelando e ficando pacoquentas no cesto de frutas, totalmente esquecidas! :-(

E foi assim, por ter 3 delas rolando em casa que fui procurar uma receitinha para dar cabo delas. Achei que era muito mas ao final do cozimento encolheram e a torta nao ficou tao estufadinha como gostaria que tivesse ficado. Caso for preparar no Japao, use umas 4 ou 5 das grandes. Aqui no Brasil talvez sejam necessarias umas 7 ou 8. Mesmo que sobre, coma com iogurte que fica delicioso!

Encontrei esta receita que me chamou atencao de imediato por ser preparada dentro de um saquinho de plastico! Super pratica e nao deixa a cozinha com farinha espalhada por tudo quanto eh canto! A receita original eh para uma forma de 18cm. Dobrei a receita para fazer uma de 24cm e conseguir fazer mais tiras para trancar por cima. No site da receita, vc vai ver o passo-a-passo dela.

massa:

150g de manteiga sem sal gelada
140g de farinha de trigo comum
60g de farinha de trigo para pao
cerca de 90ml de agua gelada

Corte a manteiga em cubinhos de 1 cm. Coloque numa vasilha junto com as farinhas peneiradas. Misture tudo com uma colher de pau e va adicionando a agua aos poucos ate formar uma farofa, sem resquicios de farinha. Talvez nao seja necessario usar toda a agua, mas dependendo da farinha, use mais. Ela nao deve ficar mole ou enxarcada. O ponto eh uma farofa umida com pedacinhos de manteiga ainda aparecendo!

Despeje a massa num saquinho plastico, desses de mercado mesmo (sem ter sido usado anteriormente) e ajeite para que fique num formato retangular com 1 dedo de espessura. Quanto menos voce manusear a massa melhor, se puder, utilize uma toalha para que a massa nao fique em contato direto com as maos.

Coloque numa bandeja ou prato e leve a geladeira por 1 hora no minimo.

Retire da geladeira e dentro do saquinho mesmo, dobre formando 3 camadas (veja foto abaixo). Abra com rolo ate ficar na espessura de 1 dedo novamente e leve a geladeira por mais 1 hora.



Va repetindo este processo mais 3 ou 4 vezes.

Divida a massa em 2 partes e abra uma delas ate que seja possivel cobrir o fundo e a lateral de uma forma de torta de 24 cm. Fure tudo com um garfo e espalhe fatias de bolo simples (tipo castela ou pao-de-lo) no fundo. Elas vao absorver o liquido que por ventura sair das macas e mantera a crosta sequinha. Caso nao tenha bolo em maos, pode espalhar um pouco de panko (farinha de rosca grossa) no lugar.

Espalhe o recheio sobre as fatias de bolo. Abra a outra metade da massa, corte em tiras de 1 cm e trance por cima do recheio. Se quiser, pode cobrir o recheio por inteiro, so faca uns cortes aqui e ali com a ajuda da ponta de uma faca para que o vapor tenha por onde escapar.

Pincele com gema batida e leve ao forno pre-aquecido a 180oC por 45 a 50 minutos ou ate que fique bem moreninho. Desenforme depois que amornar e sirva com uma bola de sorvete de creme.

recheio:

3 macas fuji
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal
5 colheres (sopa) de acucar
1/2 colher (sopa) de canela em po

Lave e corte as macas em 12 gomos. Descasque ou se quiser, use com casca mesmo. Coloque numa vasilha junto com o caldo de 1/2 limao.

Derreta a manteiga e junte o acucar. Despeje as macas e deixe cozinhando ate secar a agua e comecar a caramelar. Tome cuidado para que o caramelo nao passe do ponto e fique amargo!



Junte a canela e misture com cuidado. Deixe esfriar e so entao aplique na torta.




Olhe so a minha ignorancia, logo que cheguei no Japao e comprei estas macas com mitsu (pode-se traduzir como mel ou caldo doce), achava que estavam estragadas!!! Joguei no lixo 2 ou 3 vezes ate que perguntei para uma japonesa e ela explicou que sao assim mesmo e bem mais doces. Fui comentar com um brasileiro que adora tirar uma da cara dos outros e ele falou que injetam mel nas macas! :-p
Pesquisando na internet, pelo que entendi, as frutas ficam assim por processo natural. As folhas em contato com a luz do sol, reagem produzindo um amido que diluido na agua forma o sorbitol, uma especie de adocante natural. Ele percorre o galho ate chegar no fruto onde vai se armazenando. A maca quanto mais tempo ficar amadurecendo no pe, mais mitsu vai acumulando. Os produtores que querem as macas bem doces deixam ate o limite do amadurecimento para colherem. Outro fator que ajuda no acumulo de mitsu sao as baixas temperaturas que impedem a agua sair da fruta. Mas nao pode ser muito frio para que nao se congelem! Complicado ne??? Nem todas as macas reagem desta maneira. As que tem maior facilidade sao da variedade fuji e star king. As que nao tem mitsu sao as golden delicious. Outras frutas como pessegos ou ameixas tem mitsu mas o risco de que apodrecam eh maior pelo fato de serem muito macias.

21 comentários:

Letrícia disse...

Ah, como eu sentia falta de ver essas maravilhas que saem da sua cozinha :-)

Como sempre, você arrasou! A torta está lindona, e o método de preparo dentro do saquinho me pareceu muito bom (ainda mais para mim, que tenho as mãos super quentes e estrago massas amanteigadas se manipulá-las).

Beijos!

Talita disse...

Que maçãs diferentes! Só aí mesmo, porque aqui a fuji nunca fica sim! Ou tem? Nunca vi!
A torta está lindo, o trançado ficou muito bonito!
É horrível mesmo não saber onde estão os acentos. No laptop que uso tenho que clicar alt/option e depois a letra E, I ou N para fazer os acentos. Ê dureza!

a dona do tacho disse...

Bem vinda já tinha saudades deste blog.
Também faço uma receita de maçã com massa folhada, que fica parecida com a do blog onde se inspirou.
As maçãs fugi aqui em Portugal são diferentes, mas gostamos muito delas.
Achei engraçado o blog de onde tirou a receita, nunca tinha visto nenhum escrito em japonês.
Ainda bem que existe e traduz para português.
Abraço

Luciana, disse...

Nada como uma delícia como essa para reiniciar para abrilhantar sua volta!A foto está divina e a aparência melhor ainda!Imagino o gosto...hummm,deu até água na boca. rs
Sabe que também jogava essas maças fora o_0..só depois que percebi que elas eram gostosas.
A falta de acentos faz falta né,quando uso o pc do meu marido fico quase maluca ,e agora com essa moda da reforma ortográfica então,fico mais perdida ainda!
Sua coluna na revista será um sucesso amiga.Se precisar de alguma coisa sabe que pode contar sempre comigo!Beijos!

Magia na Cozinha disse...

Ficou lindíssima esta torta! Parabéns!
Aqui nos EUA é a sobremesa mais tradicional e o preço é relativamente bem barato se comparado com o que pagávamos no Brasil.
Me lembro que minha mãe só comprava Torta de Maçã em ocasiões especiais.
Eu nunca fiz em casa, mas deve ficar melhor que as prontas, com certeza.
Bjs :)

Eliana Scaramal disse...

Clarice vou te contar um segredo, aqui em casa se quero fazer um bolo, torta ou calda com maçã eu tenho que esconder porque o Rapha não pode ver ele ama, come todos os dias. risos

Olha que coisa mais linda, a torta da Clarice! Amiga eu fiquei parada na imagem. rs

www.saboresdalica.blogspot.com

angela disse...

divina sua torta!

karaimame disse...

Adorei a receita! Coloquei já na listinha do "must do". Parece ótima e a massa, sem complicaçoes! Torta de maca (e de cama também *rs* )
Que legal que aos pouquinhos seus posts estao retornando,
Ai Akemi! Eu vi sua resposta no meu comentário anterior :). Findomundolandia é meu jeito carinhoso de dizer "Finlândia", lembra!? Sou eu, aqui da terra do papai noel :P
beijos querida!

Luciana Macêdo disse...

Achei interessante e prática esta maneira de preparar a massa, vou experimentar. Agora, esta torta esta muito convidativa, a treliça da cobertura ficou linda.
Bjs!

Valeria disse...

Akemi chan ,A sua torta ficou linda ,linda.A massa bem estufadinha né!!Realmente no outono aqui em casa tem maçã pra dar e vender .Já é primavera por aqui e já temos umas na fruteira.Ai ...sabe que sou meio ruinzinha pra massa de torta .Vou anotar a sua pra ver se essa fica legal!!
Bjs
Valéria
Papos de Anjo

Anônimo disse...

Akkkkkkkkkkkkkkkkkkemi!
Q alegria te "ver" por aqui..saudades, saudades, saudades...agora q entrei de dieta vc vai começar a postar as gostosuras nean?rs
beijos
Mari chan

Akemi disse...

Le, faz pouca sujeira sim e para quem nao tem muita pratica com massa folhada, como eu, eh uma boa alternativa!

Talita, menina, acho que aqui neste notebook deve ser algo bem simples para encontrar os acentos mas, minha preguica cibernetica eh maior. Que vergonhaaa!!! rss

Dona do tacho, fico a imaginar como sua torta deve ficar deliciosa!!! Hummm!!!

Lu, acho que nao vai rolar essa coluna na revista mas valeu por eu ter voltado a cozinhar e tirar fotos!

Claudia, primeiro obrigada pelo recadinho deixado la embaixo. Imagino mesmo o furacao que vcs devem estar passando por ai, nao deve ser facil mas se ha essa chance de vcs permanecerem a melhor coisa eh tentar lutar para isso! Estarei torcendo por vcs! Minha cunhada que ja morou nos EUA ha alguns anos atras disse mesmo que os apple pie dai sao maravilhosas, fico suspirando de inveja por vcs terem essa comodidade!!!

Eliana, amiga, o Raphinha nao eh nada bobo, sabe o que eh gostoso!!!

Angela, obrigada!

Karaimame, que fora!!! Me desculpa??? Vc ja havia comentado, sim, que estava na Finlandia mas minha memoria nao tem colaborado ultimamente, mil perdoes!!! Se fizer a torta me diga o que achou!

Luciana, se fizer, conte como ficou!

Valeria, escolhi essa receita porque trocentas la do cookpad fizeram e elogiaram. Experimente fazer, achei bem pratica e fica bem folhada!

Mari-chan, tbm preciso fechar a boca mas quem resiste a esse festival de frutas, empadinhas, paes de queijo... ai ai ai

Patricia Scarpin disse...

Clarice, querida, que torta linda! Esse trançado ficou maravilhoso, amiga - quanto capricho!
Adoro tudo com maçã e fiquei com uma vontade danada de provar esta receita. E que curiosas as maçãs com mitsu, nunca tinha ouvido falar delas.

Cláudia disse...

O sabor já imaginamos que deve ser sensacional e o visual está lindo mesmo, vc conseguiu deixar mais bonito que o do site em japonês!!!

bjs

Killvyane disse...

QUE DELÍCIIIIIIIIIA!!!
AMO esse tipo de torta! Ai, posso até sentir o gostinho daqui... NHAMMMM!!

Verena disse...

Akemi,
linda essa torta!!!! Adorei a receita!
Um beijo grande!

Valentina disse...

Amiga, que interessante.não conhecia estas maçãs. vc voltou botando pra quebrar.

disse...

fabulosa!

Mayra disse...

Akemi, que linda essa torta!
Estou doida pra fazer, mas estou com dificuldade de achar a tal farinha para pão...
Será que posso substituir por farinha branca?

Raquel disse...

Akemi,
Adorei sua definição de fruta misteriosa! Eu me pergunto porque sempre fazemos isso, rsrs. Está de parabéns a torta! E muito curioso essas maças c/ mel, nunca tinha ouvido falar.
Grande beijo!

deliciart disse...

esta tarte deve ter dado algum trabalho, mas certamente vale a pena pois tem muito bom aspecto e deve ser bastante saborosa. O blog tem receitas maravilhosas, cada uma melhor que outra..beijinhos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails