segunda-feira, julho 16, 2012

Maionese


Enquanto morei com minha família, domingo era um dia festivo, "pé na jaca" na gíria de hoje! rss
O café da manhã já era diferente do restante da semana onde comíamos o tradicional café-com-leite-pão-com-manteiga. Meu pai acordava cedinho e ia na padaria comprar frios e pãozinho fresco. Tinha presunto, mortadela, queijo prato ou muçarela e rosbife. Este último era seu embutido preferido. Não é a carne mal passada mas aquele de textura meio gelatinosa, de cor marrom e com alguns pontos de carne. Não é todo lugar que tem e acho que só existe de uma marca atualmente, mas quando vejo um bloco exposto no mercado ou padaria lembro-me com saudades do meu pai!
E no almoço era de lei ter macarronada e maionese. Era uma overdose de carboidratos já que até na macarronada costumávamos colocar algumas batatas para cozinhar junto com o molho! Idéia de minha ba-tian (avó)! :D
Às vezes meu pai aparecia com um frango assado e todos comiam seus pedaços favoritos com prazer e alegria e às vezes minha mãe liberava o refrigerante também. Naquele tempo o frango era o simplesinho de televisão de cachorro, não tinha nada desses recheios de farofa de agora e era vendido apenas na padaria. As garrafas de refrigerante eram de vidro e ter vários abridores de garrafa e lata era fundamental naqueles tempos (quantas vezes você o usa hoje em dia????). Tempinho bom quando algumas coisas como refrigerante, sorvete, iogurte e salgadinhos apareciam raramente e quando meus pais concediam essas extravagâncias, para nós eram como prêmios, gerando uma felicidade enorme e ao mesmo tempo uma dúvida terrível para escolher o sabor!
E ontem, ao abrir a geladeira para pensar o que fazer no almoço, vi que tinha um restinho de maionese que precisava usar e lá do fundo da minha memória surgiu a lembrança daqueles domingos. Resolvi, então, preparar um pouco de maionese!
Sei que cada um prepara sua salada a sua moda, como algumas leitoras do Facebook revelaram. É uma salada bem democrática, que aceita tudo que se gosta e se tem disponível no momento e foi assim que fiz a minha, bem simples, até que light nas calorias mas carregada de boas lembranças! :)

2 batatas médias 
1 cenoura grande
1 chuchu médio
2 ovos cozidos
sal, azeite e suco de limão a gosto
1 dente de alho ralado ou bem espremido
1 colher (sopa) cheia de maionese (usei light)

Descasque os legumes. Corte as batatas e chuchu ao meio no sentido do comprimento e a cenoura em palitos de 1cm. Coloque tudo numa panela, cubra com água e leve ao fogo.
Coloque os ovos numa caneca e leve para cozinhar (atenção, se o ovo boiar está estragado, descarte. Ovos bons ficam afundados ou no máximo de pé). Quando ferver, conte 10 minutos. Escorra e deixe de molho em água fria para esfriar.
Cozinhe os legumes até ficarem macios, sem desmanchar. Escorra, volte tudo na panela e leve de volta ao fogo para terminar de secar, chacoalhando a panela para não queimar no fundo. Quando toda a água evaporar, despeje num prato e deixe amornar alguns minutos.
Ainda quentes, corte os legumes em quadradinhos do mesmo tamanho. Pique os ovos também. Despeje numa vasilha e tempere com um bom fio de azeite extra-virgem, suco de limão (usei meio limão médio) e uma pitadinha de sal. Junte o alho ralado e a maionese e misture bem. Prove e acerte o sal se necessário.

Uma semana maravilhosa para todos! :)

29 comentários:

Carla Colombo disse...

Que lembrança mais gostosa, Akemi! Tb carrego umas assim parecidas comigo... e essa salada de maionese com certeza tbm faz paete delas!
Delicia!
Beijos!

Carla
www.brisandonacozinha.com

Érica disse...

Como é gostoso recordar a infância. Em casa também sempre tinha maionese aos domingos, macarrão nem sempre, mas a maionese não faltava, e por sinal a sua ficou muito apetitosa.
bjs

Cris disse...

Eu sou fã de maionese! Na minha família era bem assim também, que delícia, bons tempos e que lindas memórias nossos pais criaram em nós! Boa semana!

Debora Correa disse...

Na minha mãe ainda é assim! Domingo é dia de macarronada, maionese e fraguinho assado! Tudo de bom essas lembranças!

Artes da Mel disse...

Que boas lembranças! Quando pequena o almoço de domingo era sempre na casa da minha avó e também sempre tinha macarronada, maionese e frango! Adorava!!!
Vou anotar sua receita!
Bjs
Mel

Renata disse...

Akemi, concordo com vc que a gastronomia é que nem música, ficam eternamente associadas a eventos que nos trazem lembranças gostosas :o)
Amo maionese de legumes e a minha overdose do carboidrato fica por conta da farofa, que pra mim combina perfeitamente com uma bela maionese rsrs
PS: aquela maquineta de fazer biscoito, ao contrário do que parece, não dá trabalho nenhum de lavar. É toda desmontável (as partes que sujam)que se resumem em um cilindro, aquela tampinha e o disco. Tranquilo!
bjsss

Trainee de Cozinheira disse...

Êta lembraça boa!! esse overdose de carboidratos é a cara de brasileiro, a gente fica assim meio pesada, mas não muda mesmo!!
Eu adoro maionese e fiquei babando aqui com a sua vou providenciar uma logo!!!bjs
Maura

Santa Gastronomia disse...

Akemi:
fim de semana era sempre esses cardápios - maionese, macarronada, frango... e os refrigerantes eram só nesses dias! E aí vinha a sobremesa: pudim, manjar.. era tão bom e ninguém se preocupava com a balança. Aqui em casa vire e mexe faço maionese - é muito bom!

Bjinhus,
Sandra Bylaardt

Anônimo disse...

Nossa, Akemi, esta receita me lembra muito da minha saudosa mae, que adorava cozinhar. Obrigada por sempre compartilhar conosco memorias tao especiais!

Inessa disse...

Akemi, suas lembranças me lembrou da minha batian, que adorava reunir a familia nos domingos fazendo maionese e frango no forno. Como era gostosa esta época!
Sua maionese lembra a da minha sogra, que também coloca chuchu!
bjo

Frida Lucia disse...

Eu amo esta salada, esta está com um visual lindo, deve ter ficado deliciosa!!!

Tem um tag para você lá no blog, passa lá e confere, fique a vontade caso não queira postar.

Bjs, Frida Lucia.
Agulhas, Colheres e Afins

D Augusto disse...

Aqui em casa é DE LEI ter salada de maionese no churrasco ou em qualquer confraternização. Minha mãe adora e além dos ingredientes que você citou ela coloca maças, milho e ervilha senão me engano. De qualquer maneira é sempre muito bem vinda e pelo menos aqui, todo mundo adora Akemi.

Um beijo

Ameixinha disse...

Normalmente faço todas as semanas aqui em casa, vou juntando milho e ervilha também :)

Fê Dayrell disse...

Akemi também fui criado como domingo sendo o dia de comer todas as delícias do mundo, como sofri quando para estudar mudei de cidade e não podia mais participar dos tradicionais almoços de domingo, ah como eram bons.
Sua maionese ficou literalmente de babar.Deliciosa.
bjo

Ana Claudia disse...

Akemi, salada de maionese é uma delicia sempre e cada um tem sua receitinha.
A sua como sempre está perfeita!
Beijos, boa semana
Ana Claudia

Andréa disse...

AKEMI,
BOAS LEMBRANÇAS, NA CASA DA MINHA MÃE O ALMOÇO DE DOMINGO, ERA MACARRONADA, MAIONESE E FRANGO CAIPIRA, E AS VEZES FEIJÃO TROPEIRO E CHURRASCO, SÃO LEMBRANÇAS QUE VAMOS LEVAR P/ SEMPRE.
A SUA SALADA FICOU ÓTIMA COM GOSTINHO DE INFÂNCIA E SAUDADES!

BJS E ÓTIMA SEMANA!

Anônimo disse...

Acho que na infãncia da maioria dos brasileiros a macarronada e a maionese eram sagradas nos finais de semana, não? Agora, lá em casa, refrigerante era somente aos domingos! Artigo de luxo, oras. Bem diferente de hoje que é tomado como se fosse água...
Já falei que adoro seu blog? Não? Pronto, falei! rss Já tirei daqui e fiz excelentes receitas. Parabéns, viu? Bjs. Cris-RJ

Mãos de prata disse...

É tão bom recordar momentos felizes da nossa infancia. A tua salada ficou bem bonita e colorida.
Bj
Márcia

Mãos de prata disse...

É tão bom recordar momentos felizes da nossa infancia. A tua salada ficou bem bonita e colorida.
Bj
Márcia

Cristina disse...

Que maravilha essa época onde tudo tinha mais valor, lá em casa tbm era assim...saudade!!
Sua maionese está bem apetitosa amiga!!
Bj e boa semana!!

Claudia Lima disse...

Recordar, definitivamente, é viver.
Bons tempos, boas lembranças.
Adoro Salada de Batata, mas tenho comprado pronta, pela falta de tempo.
É sempre gostoso provar uma nova versão.
Bjs :)

Valentina disse...

Clarice, que delícia este post. Maionese realmente me lembra de casa, daqueles almoços diferentes. Lindas as tuas memórias amiga. Treasure them.

Akemi disse...

Meninas e menino Augusto, muito bom saber que compartilhamos o mesmo gosto por este prato que remete a tantas boas lembranças em todos! :)

Cris-RJ, vc ainda não tinha dito, não, mas adorei saber viu! Obrigada pelo carinho!

Cláudia disse...

Ola Akemi!!!
Acompanho seu blog ha tempos, ja li suas historias no Japão, seu retorno ao Brasil, a abertura de sua doceria e ja passei muitas madrugadas lendo suas receitas, otimas por sinal e muitas ja fiz...
Vc. tem a doceria ainda??? Perdi estes capitulos... me conte depois, OK???
Maionese para mim é um caso serio, ADORO..... lembranças otimas da minha mãe, que era cozinheira de mão CHEIA, os refris, as macarronadas, neta de italiana... nem preciso dizer mais nada...comidas de vó e mãe.... tudo de bom, hum hum hum ....saudades dos cheiros e aromas que saiam destas cozinhas... Sua escrita é gostosa de ler e nos faz lembrar de coisas muito BOAS.....
Obrigada por compartilhar, tenho varias fotos de receitas feitas por mim que tirei do seu blog, postarei, para vc. dar o seu aval se a aluna foi bem sucedida, he he he...
Obrigada!!!!
Beijos

Cláudia Filardi

Megumi disse...

Salada de maionese é td de bom!!! Nw faco com frequencia, mas gostamos muito. A sua ta bem bonita!
Uma semana maravilhosa pra vcs tb!Bjss!!!

Diogo Marques disse...

A comida tem destas coisas e tras-nos sempre boas lembranças :)

Adoro o prato, bem leve e saboroso :)

Josy disse...

Que texto gostoso de ler querida Akemi, tem certos pratos que nos remetem mesmo à infância, e puxando pela lembrança vamos nos recordando de mais coisas, meu pai por exemplo amava também rosbife, nem sei se existe ainda hoje por aqui, faz anos que não como, os frangos assados de padaria é uma boa lembrança,o detalhe é que não vinha farofa, mas em compensação, vinha O Frango, por que agora estão mais para galetos hehe. Os refrigerantes, kkkk nem tenho mais abridor de garrafas, os tempos mudam, os anos passam, mas tem certas recordações que jamais esquecemos, em especial almoços de familia, e a maionese é uma delas, muito gostosa ficou a sua, levinha e saborosa certamente. Beijinhos

ENSAIOS disse...

Nossa Akemi, n"ao tem pre~co estas lembran~cas.

Tenho boas lembran~cas dos domingos sempre festivos.Edna Tokunaga

Vicentina disse...

Linda maionese, eu adoro.
Como é bom ter o que recordar, são momentos que vivemos e não esquecemos jamais.
Adorei ler esta postagem.
Bjs

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails